Publicidade

cotidiano

Técnica de enfermagem do HC é a 1ª vacinada em Campinas

Liane Santana Mascarenhas Tinoco, de 48 anos, foi a primeira a receber a vacina em Campinas, na tarde desta segunda-feira

| ACidadeON Campinas -

Técnica de enfermagem foi a primeira vacinada (Foto: Luciano Claudino/Código19)

A técnica de enfermagem da enfermaria do HC (Hospital de Clínicas) da Unicamp Liane Santana Mascarenhas Tinoco, de 48 anos, foi a primeira a receber a vacina em Campinas, na tarde desta segunda-feira (18).

A imunização na cidade acontece um dia após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovar o uso emergencial das vacinas contra a covid-19.

Cerca de 4 mil doses da Coronavac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan, chegaram hoje na cidade, e o HC foi a primeira unidade na região a receber o carregamento.

Liane, que nasceu na Bahia, e está trabalhando na Unicamp há 11 anos, recebeu a vacina por volta das 15h50.

O evento contou a com participação do governador João Doria (PSDB), do prefeito de Campinas, Dário Saadi (Republicanos) e do reitor da Unicamp, Marcelo Knobel.  



COMO SERÁ


As 4 mil doses recebidas hoje serão aplicadas em profissionais da Unicamp, e um novo carregamento de doses deve chegar para a Administração Municipal.

O HC foi selecionado pelo Estado por ser hospital-escola e receber grande fluxo de pacientes da região. Segundo o governo estadual, a vacinação terá início com prioridade para profissionais de saúde e populações indígenas da Unicamp. Segundo o cronograma elaborado pela universidade, a expectativa é que 12,2 mil profissionais sejam vacinados até o dia 26 de março.

Campinas é listada como uma das 200 maiores cidades que vão receber as doses diretamente do Estado, e vai funcionar como centro de distribuição, sendo que cidades menores vão retirar a vacina do Centro de Vigilância Epidemiológica, na região Central. Policia Militar e Guarda Municipal montam um forte esquema de segurança para receber a vacina.  


Mais notícias


Publicidade