Publicidade

cotidiano

Dia da Indústria é celebrado neste 25 de maio

O Dia da Indústria, celebrado neste 25 de maio, relembra a relevância do setor para a economia do País

| Especial para ACidade ON -

José Ricardo Roriz Coelho. (Foto: Divulgação)
 

O Dia da Indústria, celebrado neste 25 de maio, relembra a relevância do setor para a economia do País. Historicamente, a indústria já respondeu por cerca de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional. Embora seja geradora de quase 3 milhões de postos de trabalho, o conglomerado paulista, em especial, se ressente da queda na participação no PIB estadual de 25% para 16%, entre 2004 e 2020.

Neste contexto, é inegável que, ao longo dos anos, houve perda de representatividade, destacadamente junto ao governo estadual. No conjunto de problemas, chamado Custo Brasil, as reformas estruturais constituem uma pauta urgente, principalmente a tributária que tanto prejudica o setor.

O dia 25 de maio homenageia Roberto Simonsen, patrono da indústria nacional que faleceu nesta data, em 1948. Engenheiro industrial e administrador, Simonsen foi o primeiro a ocupar a vice-presidência do recém-criado Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), com Francisco Matarazzo como presidente. Em 1928, no discurso de posse, Simonsen ressaltou em seu posicionamento, ainda muito atual por sinal, o papel da indústria como elemento propulsor da independência política e econômica de um país.

De fato, as indústrias, e neste ponto destaco as que se estabeleceram fora do eixo da Capital especialmente na Região Metropolitana de Campinas (RMC) , continuam a exercer seu potencial de pujança para superar adversidades, gerar empregos e contribuir para o crescimento econômico do Brasil. No entanto, é preciso, mais que nunca, criar condições para que a forte indústria do Estado retome seu lugar na história.

O Ciesp, que congrega hoje quase 7 mil empresários, é a entidade mais representativa da base industrial no Brasil e muito pode fazer pelo setor. Mas para isso, carece, urgentemente, de renovação. No próximo dia 5 de julho, os industriais associados ao Ciesp vão escolher o próximo presidente da entidade. O fato ocorre após 17 anos sem que houvesse disputas de chapas diferentes nas eleições, mas apenas a ratificação de chapa única. Neste pleito, diferentemente, concorrem duas chapas.
 
José Ricardo Roriz Coelho - é presidente da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) e do Sindicato da Indústria do Plástico (Sindiplast) e atualmente segundo vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e vice-presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)***

Publicidade