Operação contra pornografia infantil prende dois na região de Campinas Operação contra pornografia infantil prende dois na região de Campinas

Operação contra pornografia infantil prende dois na região de Campinas

Ação cumpriu mandados de busca e apreensão em Americana e Hortolândia; materiais também foram apreendidos, entre eles celular com vídeo de ato sexual com criança

Operação da Polícia Civil prende dois suspeitos de compartilhar pornografia infantil na região de Campinas (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A Polícia Civil prendeu nesta quinta-feira (30) duas pessoas por suspeita de compartilhar conteúdos de pornografia infantil, na região de Campinas. 

A operação chamada de 'Luz na Infância' ocorreu em todo o Brasil. Na região, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em Americana e Hortolândia, onde aconteceram as duas prisões. 

Em Hortolândia, a ação foi realizada por policiais da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) de Campinas, através da 1º DIG (Delegacia de Investigação Gerais), e contou com apoio da Policia Federal de Brasília.  
 
LEIA MAIS 
<b>Obra causa interdição em cruzamento da Vila Itapura, em Campinas</b> 
<b>Falta de médicos incomoda moradores no CS Carvalho de Moura, em Campinas</b>

O alvo das ordens judiciais não foi encontrado em sua residência durante a operação, mas se apresentou à Polícia Civil posteriormente e teve o telefone celular apreendido. 

IMAGENS ARMAZENADAS 

No aparelho dele, a corporação encontrou imagens de pornografia infantil armazenadas em pastas ocultas e compartilhadas por programas. 

Entre os conteúdos, também havia imagens do suspeito com uma criança. Segundo a Polícia Civil, o homem confessou que filmou a prática de atos sexuais. A vítima ainda não foi identificada. 


O suspeito foi encaminhado à cadeia pública do 2º DP (Distrito Policial) de Campinas, onde permaneceu à disposição da Justiça. 

Já o suspeito de Americana foi levado à DIG (Delegacia de Investigação Gerais) da cidade. 

PRISÃO EM PIRACICABA 

Em Piracicaba, a operação contou com o apoio da Deic (Divisão Especializada em Investigações Criminais) e terminou com um suspeito detido. 

O alvo de Piracicaba teve materiais apreendidos, que foram levados para a Deic para perícia. Ele também foi conduzido à Deic. 

PORNOGRAFIA INFANTIL 

A Lei nº 8.069, que proíbe oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar, por qualquer meio, cenas de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente. A pena para esse tipo de crime é de três a seis anos de prisão. 
 
LEIA TAMBÉM 
<b>PF de Campinas faz operação contra esquema de fraudes no INSS</b>

Mais Notícias

Mais Notícias