Tempo firme e calor: veja a previsão para a quarta-feira em Campinas Tempo firme e calor: veja a previsão para a quarta-feira em Campinas

Tempo firme e calor: veja a previsão para a quarta-feira em Campinas

Não há previsão de chuva para essa semana, mas segundo os meteorologistas chuvas são esperadas para o início da próxima semana

Previsão é de tempo aberto em Campinas (Foto: Luciano Claudino/ Código19)

 
Campinas amanheceu nesta quarta-feira (3) com céu azul e clima ameno. Por volta de 7h15, a temperatura registrada pelo Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp, era de 14,5ºC.

Qual a previsão do tempo para hoje e nos próximos dias em Campinas? 

Segundo o Cepagri, a semana segue com tempo firme, predomínio de sol e temperaturas em elevação. Nesta quarta-feira, a máxima prevista é de 30ºC, e na quinta-feira as temperaturas ficam entre 16 e 31ºC.  

 
LEIA MAIS  
 
Lembra do cofre abandonado no Viaduto Cury, em Campinas? Mistério é resolvido
 
 
Mapa da pobreza: região Sul de Campinas concentra maior vulnerabilidade


TEMPO SECO 

De acordo com a previsão, o tempo se mantém seco, e a umidade relativa do ar permanece entre 20 e 30%. 

'Os ventos seguem com períodos de intensidade moderada, especialmente ao anoitecer, e a condição para dispersão de poluentes se mantêm desfavorável, o que deve contribuir para deterioração da qualidade do ar ao longo da semana e agravar o desconforto causado pela baixa umidade relativa do ar, especialmente em indivíduos com comorbidades cardíacas e respiratórias', indicou o Cepagri.

E A CHUVA? 

Não há previsão de chuva para essa semana, mas segundo os meteorologistas elas são esperadas para o início da próxima semana, entre segunda e quarta-feira, sendo seguidas por uma queda nas temperaturas ao final da semana. 

'Entre a sexta-feira e o sábado, a passagem de uma frente fria deverá ocasionar chuvas no litoral e áreas do sul do estado, e há expectativa de chuvas generalizadas em SP entre segunda e quarta-feira da próxima semana, devido à formação de um sistema de baixa pressão na região sul do país, e que deverá acarretar também em declínio nas temperaturas mais ao final da próxima semana, semelhante ao ocorrido no final de julho', informou a nota.
 
 
LEIA TAMBÉM 
 
Chegada de voos internacionais ao Brasil registra recorde

Mais Notícias

Mais Notícias