Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

PL torna obrigatória a triagem na rede pública de saúde

Essa triagem vai gerar uma classificação, que vai determinar o risco e o tempo de espera para os pacientes que precisam atendimento

| ACidadeON Campinas

Caso seja aprovado agora, o PL vai seguir para a sanção do prefeito Jonas Donizette (PSB) (Foto:Divulgação/Câmara) 

A Câmara de Campinas vai votar, na próxima segunda-feira (15), um PL (Projeto de Lei) que obriga a rede pública de saúde da cidade a adotar atendimento de triagem obrigatória aos pacientes. O texto é de autoria do vereador Thiago Ferrari (PTB), que voltou a ocupar a cadeira no lugar de Jorge Schneider (PTB).

De acordo com o PL, todo paciente que procurar atendimento médico no sistema público de saúde deverá ser submetido à triagem. A avaliação do quadro clínico deverá ter uma classificação científica, nos termos do Protocolo de Manchester.

Essa classificação vai determinar o risco e o tempo de espera para os pacientes. O PL deverá ser regulamentado em um prazo de 180 dias.

De acordo com o autor do projeto, a adoção do protocolo é capaz de priorizar o atendimento, diminuindo o tempo de espera, o risco dos pacientes e conferindo a atenção necessária à população que precisa do médico.

"O objetivo é tornar o serviço mais eficiente e reduzir o tempo de espera, mediante a sistematização da prioridade do atendimento aos usuários", justificou Ferrari.

O PL já foi aprovado em primeira votação, que analisa a legalidade. Caso seja aprovado agora, vai seguir para a sanção do prefeito Jonas Donizette (PSB).