Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Com rap e troca de ofensas, vereadores batem boca

Nelson Hossri (Podemos) e Professor Alberto (PR) protagonizaram discussão acalorada na sessão desta quarta-feira

| ACidadeON Campinas

Os vereadores Nelson Hossri e Professor Alberto 

O clima esquentou na sessão da Câmara de Campinas da noite desta quarta-feira (14). Os vereadores Nelson Hossri (Podemos) e Professor Alberto (PR) trocaram ofensas na tribuna, expondo mais uma vez a tensão entre a oposição e a base do governo Jonas Donizette (PSB) na Casa.

O embate entre os parlamentares começou na segunda-feira (12). Na sessão daquele dia, Hossri subiu à tribuna para criticar a postura da base do governo, que, segundo ele, insiste em defender os erros do prefeito, especialmente nos setores da saúde e transporte.

No mesmo dia, Professor Alberto rebateu, dizendo que Hossri "havia mamado na teta do governo Jonas" quando era servidor e que, portanto, não teria moral para criticá-lo agora. Encerrou seu ataque citando parte de um provérbio árabe que diz "aquele que não sabe, e pensa que sabe, ele é tolo, ignore-o".

RETÓRICA VAZIA

A discussão continuou nesta quarta. Hossri foi à tribuna que não "mamava", mas que "trabalhava, e muito". Depois, disse que Professor Alberto já foi vereador em Jundiaí, está no terceiro mandato em Campinas e que "nunca apresentou nenhum projeto relevante".

"O senhor sobe aqui nessa tribuna cheio de retóricas vazias, para tentar impressionar como se fosse intelectual de alto gabarito, mas só engana os mais incultos. O senhor vem se tornando especialista nisso", disse Hossri.

O vereador disse ainda que Professor Alberto deveria "descer do púlpito e tirar os sapatos, por sinal muito bem engraxados", e vestir "as sandálias da humildade".

Hossri finalizou seu discurso cantando um trecho da música "Diário de um Detento", do grupo Racionais MCs. "Preciso evitar que um safado faça minha mãe chorar. Minha palavra de honra me protege pra viver no país das calças bege", complementando em seguida: "Vamos trabalhar vereador, aqui não é Jundiaí não, aqui é Campinas".

ALVO ERRADO

Em seguida, Professor Alberto tomou o microfone. Repetiu o mesmo provérbio árabe, insinuando que Hossri é um "imbecil" e que deveria ser "ignorado". "É isso que vou fazer", disse Alberto - o que, na verdade, não aconteceu.

"O vereador erra o alvo, em vez de atacar problemas da cidade, entra na pessoalidade e ataca outro vereador", disse. "O vereador vem com mimimi que não leva a nada, e não é a primeira vez que ele vem aqui chorar", completou.

O parlamentar disse ainda que Hossri só ganhou a eleição "porque o prefeito ajudou" e que seu colega é "meio vaidoso". "Essas coisas passam, são efêmeras, isso passa, não se incomode vereador".

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também