Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Faturamento do e-commerce da região cresce 4,7%; 2º maior de SP

Dados correspondem ao primeiro semestre de 2018 e apontam bom desempenho da região nas vendas pelo comércio eletrônico

| ACidadeON Campinas

Cresce o faturamento do e-commerce na região. (Foto: Divulgação/SindiVarejista)

A região de Campinas registrou o segundo melhor desempenho do Estado de São Paulo em relação às vendas por e-commerce no primeiro semestre deste ano. Ao todo, o faturamento da região chegou a R$ 692,9 milhões e um total de 1,6 milhão de pedidos efetuados de janeiro a junho de 2018.  

Os dados são do SindiVarejista em parceria com a FecomercioSP e revelam crescimento em relação a 2017. No primeiro semestre do ano passado, as vendas chegaram a R$ 661,5 milhões, o que representa um aumento de 4,75% em 2018. Já o número de pedidos no ano passado ficou em 1,5 milhão, o que também representa um acréscimo de 9,7%.  
 
LEIA TAMBÉM 
Feriado de sol entre nuvens e chuva no período da tarde
Sem cubanos, Campinas perde 52% do Mais Médicos
Aluno trans agride coordenador que o chamou de "nervosinha"
Trecho das Amoreiras terá bloqueio total durante três dias
Programe-se: Confira o que abre e fecha durante o feriadão


A região de Campinas se mantém consolidada com o segundo melhor desempenho do Estado, ficando atrás somente da Capital que registrou faturamento de R$ 3,03 bilhões e mais de 8 milhões de pedidos. No estado de São Paulo, as vendas pelo comércio eletrônico cresceram 3,99% no primeiro semestre passando de R$ 7,8 bilhões em 2017 para R$ 8,20 bilhões neste ano.  

O valor do tíquete médio dos produtos comprados pela internet na região teve uma queda de 4,51% neste ano em relação a 2017. No primeiro semestre do ano passado o valor médio dos itens era de R$ 429,72 contra R$ 410,33 neste ano.  

Para a presidente do SindiVarejista de Campinas e Região, Sanae Murayama Saito, ainda que haja instabilidade política, o cenário conjuntural atual é mais favorável e, aparentemente, viabiliza a continuidade da recuperação nas vendas do comércio eletrônico. "O ambiente macroeconômico está com a inflação mais controlada, aliada à trajetória de queda nas taxas de juros, favorecendo a manutenção do poder de compra das famílias", explica.  

Sanae também explica que o desempenho da região de Campinas segue a trajetória das vendas físicas e é um reflexo do potencial econômico daqui. "Os aglomerados metropolitanos mais desenvolvidos contam com consumidores mais amadurecidos e conectados aliado ao potencial de consumo forte", afirma. A previsão é que o quarto trimestre do ano registre bom desempenho para as vendas do comércio, já que conta com a realização da Black Friday, que é um dos melhores períodos para o varejo eletrônico.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também