Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Criança de 2 anos é atropelada e morre na Amoreiras

Ela estava acompanhada de um adulto que teve escoriações; testemunhas dizem que motorista respeitou a sinalização

| ACidadeON Campinas


Acidente aconteceu no corredor de ônibus da Amoreiras (Foto: Denny Cesare/Código 19)

Uma criança de aproximadamente 2 anos morreu atropelada por um ônibus da linha 213 (Terminal Itajaí) na avenida das Amoreiras, em Campinas, na noite desta quinta-feira (6). O acidente foi por volta das 20h30, na região do São Bernardo.   
 
LEIA MAIS
Pai de criança morta nas Amoreiras segue internado na UTI


Testemunhas contaram à Polícia Militar que um homem acompanhado da criança esperava para atravessar a Amoreiras no cruzamento com a rua Doutor Las Casas dos Santos. O sinal estava verde para o motorista, que avançou. O homem atravessou e os dois acabaram atingidos pelo veículo. Passageiros disseram que o homem olhava o celular na hora do atropelamento e que o motorista ainda tentou desviar.

Segundo a PM, com o impacto, a criança acabou decapitada e sua cabeça ainda foi esmagada pelo pneu do ônibus. O homem teve diversas escoriações, estava muito confuso e só sabia dizer o primeiro nome. Não conseguiu informar onde morava.

Ele foi levado para o Hospital Mário Gatti sem sinal de fraturas ou ferimentos mais graves. O motorista do ônibus entrou em choque e foi levado para o PS do São José. A polícia não soube dizer se o homem ferido é o pai da criança. 

Em nota, a Itajaí Transportes Coletivos diz que lamenta profundamente o ocorrido, que já abriu sindicância interna e não poupará esforços para apurar as responsabilidades. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook