Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Prefeitura publica extinção do dinheiro nos ônibus

A partir do dia 19 deste mês o pagamento em dinheiro da tarifa de ônibus nos veículos será extinto

| ACidadeON Campinas

A partir do dia 19 deste mês o pagamento em dinheiro da tarifa de ônibus nos veículos será extinto (Foto: Código19) 

A Prefeitura de Campinas publicou, no Diário Oficial desta sexta-feira (11) a confirmação que o pagamento embarcado em dinheiro da tarifa de ônibus será extinto, a partir do dia 19 de janeiro. A medida é válida para todos os pontos e terminais de embarque. A informação foi adiantada pelo ACidade ON no dia 26 de dezembro.

Ao embarcar no veículo, o pagamento poderá ser feito com os cartões da família Bilhete Único (Comum, Vale Transporte, Escolar, Universitário, Idoso e Gratuito); ou com o sistema de QR Code (Quick Response Code; Código de Resposta Rápida).

O sistema também será aplicado aos veículos do BRT (Bus Rapid Transit; Ônibus de Trânsito Rápido), que terão o pagamento da tarifa totalmente desembarcado, realizado nas estações de transferência.

A passagem nesta modalidade de pagamento custa R$ 4,70 e não dará direito à integração, como no caso do Bilhete Único, Vale Transporte e Passe Estudante. Depois da compra, o QR Code vai ter validade por 30 dias, e não haverá reembolso caso não seja utilizado.

O usuário poderá encontrar os tickets de papel que estarão sendo vendidos em mais de 300 estabelecimentos comerciais, postos autorizados da Transurc, nos terminais de ônibus e nas unidades do Poupatempo Centro e do Campinas Shopping.

HISTÓRICO

O processo de eliminação do dinheiro como forma de pagamento embarcado da tarifa do transporte público foi iniciado pela Administração municipal em 2014. Em agosto de 2014, foi lançado o Programa de Aperfeiçoamento Profissional (PAP), oportunidade de requalificação profissional aos cerca de 1,5 mil cobradores que foram demitidos pelas empresas.

Em 1º outubro de 2014, foram habilitados o Bilhete 1 Viagem e Bilhete 2 Viagens, destinados aos passageiros eventuais. Em 20 de janeiro de 2017, teve início o projeto piloto do uso do QR Code em 25 ônibus de oito linhas que atendem aos distritos de Sousas e Joaquim Egídio.

Desde 17 de fevereiro de 2018, não é mais possível pagar a tarifa em dinheiro dentro dos ônibus que partem do Terminal Central. A medida foi estendida para o Terminal Mercado (1 e 3), em 21 de julho de 2018.

Mais do ACidade ON