Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Torcedores da Ponte são condenados a 19 anos

Ao todo, sete pessoas formaram o júri popular. Foram ouvidas seis testemunhas, três de acusação e três de defesa

| ACidadeON Campinas

Veredito foi dado já no começo da madrugada desta quarta-feira. Foto: Reprodução de EPTV

O júri popular condenou ontem (12) os torcedores da Ponte Preta por participarem da morte do torcedor do Guarani, Anderson Ferreira, de 28 anos, a 19 anos de prisão. A vítima morreu após ser agredido com pedras e barras de ferro. O crime ocorreu em 2012 após um dérbi da categoria de base do dois times.

Foram cerca de 12 horas de julgamento. Carlos Daniel Sampaio e Bruno Barros Batista Rodrigues chegaram ao local por volta das 11h. Ao todo, sete pessoas formaram o júri popular. Foram ouvidas seis testemunhas, três de acusação e três de defesa. Os réus também falaram sobre o crime que ocorreu há quase 7 anos.  
 
LEIA TAMBÉM 
Calor dá trégua e quarta será de chuva e máxima de 25ºC
Adutora rompe e deixa 10 bairros, além do Hospital da PUC, sem água


Além dos dois réus condenados nesta madrugada, outros cinco pontepretanos que também tiveram envolvimento na morte do torcedor do Guarani já foram julgados e condenados a 19 anos anos de prisão por homicídio triplamente qualificado. Quatro deles estão foragidos.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Veja também