Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Cúpula do MP paulista vem a Campinas para confrontar Jonas

Declaração do prefeito para CP do Ouro Verde provocou mal-estar no Ministério Público

| ACidadeON Campinas

Sede do Ministério Público Estadual, em São Paulo (Foto: Divulgação) 

Uma declaração feita pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), em seu depoimento à CP (Comissão Processante) do Ouro Verde, no último dia 7, na Câmara, provocou mal-estar no Ministério Público de São Paulo.  

LEIA MAIS 
MP apura ameaças de Sylvino a juiz do Caso Ouro Verde

Jonas afirmou que o MP deu parecer favorável à soltura do ex-secretário Silvio Bernardin, que foi preso pela operação em novembro e conseguiu habeas corpus na semana passada.

Nesta quinta-feira (14), o subprocurador-geral de políticas criminais e institucionais do MP, Mario Luiz Sarrubbo, o coordenador do Gaeco do Estado de São Paulo, Amauri Silveira Filho, e o coordenador do Centro de Apoio Criminal do MP, Levy Emanuel Magno, virão a Campinas demonstrar apoio ao Gaeco local, que coordena a Operação Ouro Verde.

"Eles falarão especialmente sobre declarações recentemente feitas em público na tentativa de macular a atuação dos promotores de justiça que atuam no caso", disse o MP, em nota que anuncia a visita dos promotores.

Integrantes do MP ligados à operação ficaram irritados com a declaração de Jonas e desde a última sexta-feira (8) estudam uma forma de reagir à fala. A visita da direção do MP a Campinas vai demonstrar apoio ao Gaeco da cidade e reforçar a importância da Operação Ouro Verde, que desde novembro de 2017 expediu 18 mandados de prisão contra empresários e agentes públicos envolvidos no esquema de corrupção no hospital.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook