Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Dona de casa cuida de brechó no Mario Gatti há 13 anos

Valéria Araújo é responsável pelo brechó do Hospital Municipal Mario Gatti há 13 anos; arrecadação é utilizada para adquirir necessidades de pacientes carentes

| Renan Lopes

Valéria se filiou a Avohmag há 13 anos e desde então cuida do brechó do Mario Gatti (Foto: Renan Lopes/ACidade ON Campinas)

Muita gente não sabe, mas dentro do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, em Campinas, funciona um brechó há mais de 13 anos. O local oferece roupas usadas a preços populares, vai de R$ 1 a R$ 10.  Todo valor arrecadado é revertido para pacientes carentes do hospital, após deixarem a unidade.

Localizado em uma pequena sala aos fundos do prédio de oncologia, o brechó do hospital tende a passar despercebido por quem frequenta a unidade de saúde. "Tem funcionário do hospital que nem sabe da nossa salinha", brinca Valéria Araújo, dona de casa e voluntária da Avohmag (Associação Dos Voluntários do Hospital Municipal Mario Gatti). Ela se filiou a associação há 13 anos e desde então é responsável pelo brechó no local.

O brechó oferece peças de roupas masculinas e femininas, adultas e infantis a preços módicos. "O preço é de R$ 1 a R$ 10, tudo bem acessível", afirmou a voluntária. As peças mais baratas são as infantis, enquanto as mais caras, ao valor de R$ 10, são as calças jeans. 
 
LEIA TAMBÉM 
Dona de casa cuida de brechó no Mario Gatti há 13 anos
Sadia e Perdigão recolhem frango por risco de salmonella
Sete grupos estão interessados em Viracopos, diz concessionária
Quinta-feira terá temperatura amena e pouca chuva

O valor arrecadado pelas vendas também é utilizado para atender as necessidades de pacientes de baixa renda pós-alta. Tudo é adquirido de acordo com a necessidade de cada paciente, desde um vale-transporte, até uma cadeira de rodas. "Aqui tudo é arrecadado para o paciente pós-alta que precisa de uma cesta básica para comer ou não tem dinheiro para comprar medicação, por exemplo", explicou. "Toda necessidade é avaliada e adquirida de acordo com os relatórios feitos pelo serviço social". 

As roupas doadas são verificadas pelas dez voluntárias que atuam no brechó (Foto: Renan Lopes/ACidade ON Campinas)

As roupas recebidas por doações são verificadas pelas dez voluntárias da Avohmag que atualmente prestam serviço para o brechó. "Separamos as roupas rasgadas e manchadas, porque não queremos vendê-las nestas condições", explica Valéria.

Quem quiser visitar o brechó do Mario Gatti para adquirir ou doar peças, ele fica fica atrás do prédio de oncologia e funciona de segunda e quarta-feira, das 8h às 14h. 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON