Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Morre mulher queimada por morador de rua; caso é o 3º feminicídio do ano

Fátima Aparecida Bertoline tinha 40 anos e foi atacada pelo seu companheiro em imóvel abandonado no último dia 6

| ACidadeON Campinas

Caso aconteceu em imóvel na avenida Barão de Itapura (Foto: Luciano Claudino/Código 19) 

Fátima Aparecida Bertoline, de 40 anos, morreu nesta terça-feira (12) após ter 80% do seu corpo queimado há seis dias pelo companheiro no bairro do Guanabara, em Campinas. Com esta morte, Campinas registra três feminicídios no ano (leia mais abaixo) - sendo o segundo com o mesmo tipo de execução. 

Fátima estava internada na Santa Casa desde o dia 7 de março. O suspeito de queimá-la é o também morador de rua Sandro Joel do Nascimento, 41 anos. O caso ocorreu em um imóvel abandonado ocupado pelo casal na avenida Barão de Itapura. O homem foi detido e levado para a 2ª DDM (Delegacia da Mulher) no mesmo dia da ocorrência.

OS CASOS 

Em Campinas, até março, foram registrados outros dois casos de feminicídio. O primeiro ocorreu no dia 4 de janeiro, quando um adolescente de 17 anos matou a namorada de 13 anos com um tiro. O jovem chegou a negar a autoria, mas depois confessou o crime. O nome dela era Milena Optimara Soares Cardena. 

O segundo caso de feminicídio foi no dia 27 de fevereiro. Um homem de 53 anos ateou fogo na ex-esposa por não aceitar o fim do relacionamento, no DIC 5. Nice Romualdo Vieira, de 51 anos, era comerciante e estava trabalhando quando Moacir Zanella, de 53, chegou ao local. Ela morreu no mesmo dia; o homem, que também se feriu, morreu três dias depois. 

LEIA MAIS
Morador de rua põe fogo na companheira em Campinas
Mulher tem o corpo queimado por companheiro no DIC 5
Campinas teve 32 feminicídios nos últimos 5 anos, aponta boletim 


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook