Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Arrecadação com ICMS cresce acima da inflação em Campinas

O aumento de 5,2%, é 1,2 ponto percentual acima da inflação, de 4% nos últimos 12 meses segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

| ACidadeON Campinas

Vista aérea de Campinas. (Foto: Carlos Bassan/PMC) 

A arrecadação da Prefeitura de Campinas com o ICMS (Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) aumentou 5,2% no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados são da Secretaria de Estado da Fazenda. É o órgão que distribui os valores para as prefeituras, com base no IMP (Índice de Participação dos Municípios). De janeiro a março deste ano, Campinas recebeu R$ 189,3 milhões, ante R$ 179,9 milhões nos primeiros três meses de 2018.

O aumento de 5,2%, é 1,2 ponto percentual acima da inflação, de 4% nos últimos 12 meses segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O secretário de Finanças de Campinas, Tarcísio Cintra, diz que o aumento é importante e era esperado, mas acontece sobre uma "base ruim". "No ano passado a arrecadação foi ruim. Era natural que neste ano ocorresse algum aumento", afirmou.

No ano passado, o ICMS se manteve como a segunda maior fonte de receita de Campinas, com cerca de R$ 735 milhões, atrás do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza), com cerca de R$ 950 milhões. É o segundo ano em que isso ocorre - até 2017, o ICMS liderava a arrecadação de impostos em Campinas.

"É uma tendência das grandes cidades. Conforme vão se desenvolvendo, a vocação de serviços acaba superando a vocação industrial", disse Tarcísio.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON