Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Campo Grande concentra 38,2% dos casos de dengue de Campinas

A área compreende os CSs (Centros de Saúde) Florence, Florente, Itajaí, Rossin e Satélite Íris I e moram cerca de 145 mil habitantes na região

| ACidadeON Campinas

Dengue em Campinas: região Noroeste é a que tem mais casos (Foto: Amanda Rocha) 

A região do Campo Grande (Noroeste) concentra a maior parte dos casos de dengue confirmados em Campinas, com 38,2% do total da cidade - são 3.578 pessoas infectadas de acordo com a Secretaria de Saúde.

Apenas naquela região, são 1.368 casos confirmados, de acordo com balanço epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (15). O documento também confirmou a primeira morte pela doença do município - uma bebê de 5 meses.

De acordo com os dados, há ainda 2.151 casos suspeitos da doença. Na região Noroeste, deste total, há 593. A área compreende os CSs (Centros de Saúde) Florence, Florente, Itajaí, Rossin e Satélite Íris I. Na região, moram ao menos 145 mil habitantes de acordo com a Prefeitura de Campinas.

Em segundo lugar no número de casos está a região Sul, onde ficam os bairros Campo Belo, Fernanda e São Domingos. Na cidade, há também 766 casos que foram descartados em todas as regiões de Campinas.   

LEIA MAIS
Campinas investiga morte de garota de 19 anos por dengue
Dengue cresce 156% em Campinas; Campo Grande tem mais casos
Dengue aumenta e Saúde determina que casos sejam prioridade
Com epidemia, Prefeitura lança pacotão anti-dengue em Campinas


A EPIDEMIA

Além da morte da bebê de 5 meses confirmada nesta segunda, há ainda uma segunda morte, de uma estudante universitária de 19 anos, sob investigação. O número de óbitos que estão sendo investigados por dengue não foram divulgados pela Secretaria. A morte pela dengue confirmada é a primeira no município pela doença desde 2015, quando a cidade registrou 22 óbitos.

OUTRAS EPIDEMIAS

Campinas já passou por duas epidemias há poucos anos, em anos consecutivos. A primeira ocorreu em 2014 - quando Campinas foi o município com mais casos do país (42.664) e durou até 2015, quando registrou 65.217 casos. Já em 2016, o número começou a cair, fechando com 3.599 pacientes confirmados.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON