Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

MP investiga Camprev por compra de cotas milionárias

As cotas custaram cerca de R$ 15 milhões na época; hoje não chegam a R$ 4 milhões

| ACidadeON Campinas

LSH Barra Hotel recebeu investimentos do Camprev. Crédito: Reprodução Google Street View 

O promotor da 15ª Promotoria de Justiça Cível de Campinas, Angelo Santos de Carvalhaes, abriu um inquérito para investigar o Camprev e o ex-presidente José Ferreira Campos Filho. O instituto investiu dinheiro no que hoje é chamado de LSH Barra Hotel, construção que chegou a ter a obra embargada por causa da investigação da Justiça.

Segundo o Resumo Mensal de Investimentos do instituto, foram aplicados, em agosto de 2016, R$ 14.996.111,11 no fundo FIP LSH, que já pertenceu majoritariamente ao presidente dos EUA Donald Trump, e depois a um empresário foragido da justiça, acusado de fazer parte da quadrilha do ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB).

De acordo com a denúncia, hoje estas cotas estariam valendo menos de R$ 4 milhões, e por isso há indícios de superfaturamento no valor das cotas.

Em março o prefeito Jonas Donizette (PSB) informou que a prefeitura que cobrir um rombo de cerca de R$ 500 milhões no Camprev. Esse ano deve chegar a R$ 600 milhões.

O Camprev informou, através de nota oficial, que não foi notificado até o momento sobre a ação e se pronunciará depois de ter conhecimento do seu teor.

Mais do ACidade ON