Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

PF cumpre mandado contra campineiro por ofensa a STF

Ministro Alexandre de Moraes autorizou operação; Gustavo Silva foi encontrado em casa, em Barão Geraldo, nesta terça-feira (16)

| ACidadeON Campinas

Alexandre de Moraes autorizou operação

A PF (Polícia Federal) cumpriu nesta terça-feira (16) oito mandados de busca e apreensão em São Paulo, Goiás e no Distrito Federal em uma ação que investiga ofensas magistrados da Suprema Corte e informações falsas envolvendo os integrantes do tribunal.
Um dos alvos é um morador da cidade de Campinas.

Gustavo Silva foi encontrado em casa, em Barão Geraldo. Ele disse à EPTV que foi surpreendido pela operação e afirmou que não fez ameaças contra os ministros ou ao STF, mas repostou reportagens do site "O Antagonista" e da revista "Crusoé".

Esses dois veículos de comunicação foram obrigadas a retirar do ar conteúdos que citam o presidente da Suprema Corte, Dias Toffoli, na segunda (15). A operação foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, relator do inquérito aberto em março para apurar o caso.

Além da apreensão de celulares, tablets e computadores, Moraes determinou o bloqueio de contas em redes sociais dos alvos e disse que todos devem prestar depoimento.

EM INDAIATUBA

No dia 21 de março, um Guarda Civil de Indaiatuba foi alvo da primeira operação do inquérito. Na época, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão de um computador particular na residência de um funcionário da corporação.

A Guarda Civil de Indaiatuba abriu um procedimento administrativo para acompanhar as investigações sobre um GM que foi alvo.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook