Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Vereador quer novo adesivo para transporte por apps

Nelson Hossri diz que novo modelo, que seria usado por dentro dos carros, foi elaborado a pedido de motoristas

| ACidadeON Campinas

Nelson Hossri com o novo modelo de adesivo: por dentro do veículo (Foto: Divulgação) 

O vereador Nelson Hossri (Podemos) protocolou um novo projeto de lei para alterar a identidade visual dos veículos utilizados por transporte por aplicativos em Campinas.

A mudança do adesivo de identificação é um pedido antigo dos motoristas de plataformas como a Uber, Cabify e 99. Pela proposta, a nova identidade visual deverá ser instalada na parte interna do veículo, e não mais no lado de fora, nas portas do motorista e do passageiro.

Segundo Hossri, o modelo de adesivo foi apresentado pelos próprios motoristas e se trata de uma identificação com tamanho de doze centímetros por doze centímetros e que deve ser fixada no vidro dianteiro.

Para o vereador, o adesivo atual gera insegurança, além de ser uma isca para agentes de trânsito. O vereador relata, por exemplo, que motoristas já foram multados porque um dos adesivos da porta caiu durante o trajeto.

Hossri já apresentou um projeto para revogar o uso dos adesivos, mas a proposta foi rejeitada pela base do prefeito Jonas Donizette (PSB) na Câmara, no início de abril.

O parlamentar lembra ainda que, na ocasião, a justificativa era que um novo adesivo seria implantado pela Prefeitura, o que não aconteceu até o momento. "A base disse que não iria aprovar a retirada dos adesivos porque já estava preparando um novo modelo de identificação. Já se passou um mês e a Prefeitura não fez nada até agora", afirmou.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON