Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Protesto de motoristas trava terminais de Campinas

O Terminal Ouro Verde amanheceu fechado neste sábado e reabriu perto das 9h com poucas linhas em operação e quase nenhum usuário no local

| ACidadeON Campinas

Terminal Ouro Verde tem poucas linhas em funcionamento (Foto: Paulo Augusto/EPTV) 

O sábado em Campinas amanheceu novamente com problemas no transporte público da cidade. O Terminal Ouro Verde amanheceu fechado e reabriu perto das 9h com poucas linhas em operação por conta de protesto de funcionários do transporte público da cidade.

De acordo com um cartaz colocado por agentes de mobilidade urbana da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) somente as linhas 120, 121, 123 e 205 estão operando. O local permanece com poucos usuários. O Terminal Ouro Verde atende, diariamente, uma média de 65 mil usuários.  
 
No Terminal Vida Nova, segundo fiscais do local informaram que pouco mais de 20% dos ônibus estão circulando neste sábado.  O Terminal Vila União também está fechado.
 
Na sexta-feira paralisação começou por volta das 14h30. O problema ocorreu, segundo vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Campinas, Izael Soares de Almeida, porque o presidente da entidade teria aprovado uma proposta no sindicato tirando os R$ 400 que os motoristas recebiam a mais no salário por ocupar também a função de cobrador, substituindo o pagamento por um vale-alimentação no mesmo valor. No entanto, esse novo benefício será taxado e não recebeu a aprovação da categoria.   
 
"Os funcionários não vão voltar a trabalhar se não tiverem a garantia que vão receber o abono", afirmou Almeida.  Ontem no Terminal do Ouro Verde, dois ônibus pegaram fogo durante a manifestação. Ninguém ficou ferido.

Terminal Vida Nova também está com problemas (Foto: Paulo Augusto/EPTV) 
O SetCamp (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas) informou que apenas a VB1 está alterada, com a frota reduzida pela metade neste sábado. No restante da cidade os ônibus circulam normalmente.  
 
A Emdec informou que "situação é pontual, uma vez que todas as outras empresas e as cooperativas do sistema de transporte público coletivo de Campinas continuam em atividade. A Emdec toma todas as medidas para minimizar o impacto da paralisação parcial, para a população. O usuário do transporte conta com o aplicativo "Busão na Hora" para acompanhar, em tempo real, a chegada do ônibus no ponto".

INVESTIGAÇÃO

Na semana passada o sindicato foi alvo de uma operação da Polícia Civil que investiga crimes de furto qualificado, organização criminosa e lavagem de dinheiro na entidade. Também na semana passada houve uma confusão em frente ao sindicato e teve que haver intervenção da GM. Durante a briga houve agressão. O caso foi parar na delegacia. 


Mais do ACidade ON