Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Gosto pela cerveja transforma campineiras em celebridades

Therezinha e Ilda curtem a fama após tatuarem copos de cerveja para celebrar amizade de mais de 30 anos

| ACidadeON Campinas

Therezinha e Ilda curtem a fama repentina em eventos e entrevistas (Foto: Cecília Polycarpo/Especial para ACidade ON) 

A vida de Therezinha Ribeiro de Souza e Ilda Nóboa Quintana nunca mais foi a mesma depois do dia 1º de abril de 2019. Foi nessa data que as idosas de Campinas decidiram fazer tatuagens de copinhos de cerveja para celebrar a amizade de 30 anos, e ganharam status de celebridades.

Desde que a foto das duas foi divulgada nas redes sociais de um dos netos, elas deram sete entrevistas para veículos de imprensa, incluindo uma participação ao vivo no programa Encontro com Fátima Bernardes, além de selfies, autógrafos e abraços quando são reconhecidas na rua.

As tatuagens iguais de dois copos americanos sorrindo e de mãos dadas, feitas no braço direito de cada uma, têm significado especial. O desenho representa três décadas de cumplicidade, conversas e muitas, muitas cervejinhas juntas.

"E o engraçado é que nos conhecemos no grupo de mães da igreja, da Paróquia Santa Edwiges. Tudo a ver com cerveja, né?", contou Ilda, de 70 anos, aos risos, em uma van a caminho de uma cervejaria de Jaguariúna. Entre os muitos mimos que as duas ganharam desde que ficaram famosas, foi oferecida uma visita a uma grande fábrica de cerveja na cidade. Therezinha e Ilda, claro, toparam na hora.

FAMÍLIA

Moradoras do Jardim Aurélia, em Campinas, elas contaram que a afinidade foi instantânea quando se conheceram e logo passaram a frequentar uma a casa da outra. A amizade rendeu frutos: Marcelo, filho de Therezinha, e Sandra, filha de Ilda, se casaram e uniram de vez as duas famílias.

A tatuagem foi feita no estúdio do neto de Therezinha. "Eu já tinha três outras tatuagens pequenas e brincava com o Thiago (neto) que queria um desenho de um copo de cerveja bem suado. Aí um dia ele marcou a sessão. Só liguei pra Ilda e avisei. Ela embarca sempre nas minhas aventuras. Nem questiona muito", contou Therezinha, que tem 66 anos.

Ilda confessou que seu maior receio era a dor das agulhadas, mas disse que não sentiu muito. "Ela soltou essa bomba no meu colo. Eu tive que ir, vou fazer o quê. Foi como se fosse um raspão de leve na pele. Não doeu não."  

A imagem da tatuagem de Ilda e Therezinha que viralizou (Foto: Reprodução)
FÁTIMA

As duas confessam estar adorando a vida de famosas. Já ganharam taças personalizadas com o desenho dos chopinhos, camisetas e hospedagem em um hotel em São João del-Rei (MG). Mas até agora, a maior conquista pós-tatuagem foi conhecer a Fátima Bernardes.

"Ela é uma educação, um doce. Cheguei tensa, mas chegando lá fiquei super à vontade", disse Therezinha. Ilda contou que a jornalista fez questão de conversar com elas antes de entrar ao vivo e fez fotos. "Nos sentimos duas princesas, fazendo cabelo e maquiagem. Ficamos ainda mais apaixonadas pela Fátima".

Durante o programa, uma das filhas de Therezinha mandou uma mensagem em seu celular alertando que a mãe colocava toda hora a mão na coxa de Dinho Ouro Preto, vocalista do Capital Inicial, que estava ao seu lado. "Eu expliquei que não era por querer, que encostava nele quando ia falar, ou explicar alguma coisa. Ela ficou é com vontade", exclamou, entre gargalhadas.

No aeroporto, antes de embarcarem para Campinas, foram reconhecidas mais uma vez por uma policial federal que havia assistido ao programa. "Ainda estamos nos acostumando com isso. Quando passar, acho que vou sentir falta", confessou Ilda.  

 

CERVEJARIA

A visita à Ambev em Jaguariúna ocorreu na última quarta-feira (5). Na fábrica, elas aprenderam todo o processo de fermentação da bebida, desde a escolha dos ingredientes (lúpulo, malte e cereais não maltados) até o envasamento.

As amigas acompanharam interessadas as etapas de fabricação, fazendo perguntas ao guia. O ápice do passeio foi quando puderam tomar um chope fresquinho, saído de um dos tonéis de fermentação, a 2°C. "Finalmente chegou a hora que a gente tanto esperava", disse Ilda antes de fazer mais um brinde com a amiga de décadas.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON