Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Pedido de 2ª via do Bilhete Único aumenta em 34%

Alta, segundo a Transurc, foi causada pelo fim da circulação de dinheiro dentro do transporte urbano. Casos de perda e furto também aumentaram

| ACidadeON Campinas

Dados são de janeiro a junho. Foto? Divulgação/ Transurc

O número de pedidos de segunda via do cartão Bilhete Único em Campinas aumentou 34% no primeiro semestre deste ano em relação ao mesmo período de 2018. No período de janeiro a junho do ano passado foram 48.602 pedidos, em 2019 subiu para 65.560.

Esse aumento segundo a Transurc (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas) está ligado ao fim da circulação de dinheiro dentro dos ônibus que teve início em janeiro deste ano. Atualmente para utilizar o transporte urbano só é possível com cartões da família Bilhete Único (Comum, Vale Transporte, Escolar, Universitário, Idoso e Gratuito); ou com o sistema de QR Code (Quick Response Code; Código de Resposta Rápida).

Até o ano passado, quem usava o cartão apenas eventualmente e o perdia, usava dinheiro para pagar a passagem. Com o fim do recebimento de passagens em dinheiro dentro dos ônibus, a população passou a se preocupar mais em estar com o cartão para usar quando for preciso e isso explicaria essa explosão no pedido de segunda via.
Neste mesmo período também aumentou os relatos de perda/furto dos cartões. Ainda de acordo com o levantamento da Transurc, em 2018 houve 20.413 queixas de perda/furto e neste ano 27.535. Também um aumento de 34%. Os outros cancelamentos com pedidos de segunda via foram por motivos como cartões quebrados ou que não funcionavam. A associação informou também que não há separação entre o que é roubo e o que é perda. A Transurc também informou que esperava por um crescimento de segunda via do Bilhete Único e não uma explosão como ocorreu.

NOVA TARIFA

Hoje foi o primeiro dia útil da nova tarifa do transporte urbano que passou de R$ 4,70 para R$ 4,95. Com o aumento de R$ 0,15 centavos Campinas passa a ser a cidade com o transporte público municipal mais caro do Brasil (Leia mais aqui).

Quem deixou para carregar o Bilhete Único hoje pela manhã nos terminais de Campinas acabou não conseguindo. Um problema no sistema de venda de passagem ficou fora do ar. (Leia mais aqui)  

PARA FAZER A TROCA

Para fazer a troca do cartão ou pedir uma segunda via é preciso ligar no Disque-Transurc: 0800 014 0 204. O primeiro cartão é gratuito e não há um valor mínimo para recarga, sendo necessário apenas que a primeira carga seja no valor de uma tarifa. Em caso de extravio, roubo, perda ou danos que impossibilitem a utilização, o usuário paga a segunda via do cartão (de qualquer modelo), no valor correspondente de 2 (duas) a 8 (oito) tarifas vigentes.  

O Bilhete Único foi implantado em Campinas no dia 1º de maio de 2006, proporcionando aos usuários do sistema de transporte público municipal o benefício da integração temporal. Com o bilhete, é possível fazer até três utilizações no período de duas horas, de segunda-feira a segunda, incluindo os feriados. A primeira integração dos Bilhete Único Gratuito e do Vale-Transporte é gratuita. Na segunda integração, o usuário paga R$ 0,40. Os beneficiários que usam o Passe Escolar e o Universitário têm as integrações gratuitas no período de duas horas.  

Existem sete modelos de Bilhete Único: Comum (Vermelho), Vale-Transporte (Verde), Escolar (Azul), Gratuito (Roxo), Gratuito Idoso (Roxo), Especial (Laranja) e Universitário (Cinza). O Bilhete Único é pessoal e intransferível. Isso significa que ele não deve ser emprestado para terceiros, por exemplo.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso. Para mais informações, consulte nosso TERMO DE USO"

Facebook

Mais do ACidade ON