Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Campinas ganha "Jardim dos Sentidos" em Sousas

Jardim foi concebido como espaço terapêutico para auxiliar na recuperação de pacientes em tratamento

| ACidadeON Campinas

Jardim dos Sentidos, em Sousas (Foto: Divulgação/Prefeitura) 

A Prefeitura de Campinas inaugurou nesta quinta-feira (8) o Jardim dos Sentidos Gisela Heller Gordon, no distrito de Sousas. O jardim é um espaço inclusivo que, além do contato com a natureza, oferece às pessoas a possibilidade do estímulo aos sentidos do nosso corpo como a audição, a visão, o tato, o olfato e o paladar.

O espaço fica na rua armando Oswaldo Precaro, na Vila Bourbon, em Sousas, ao lado do Centro de Referência em Reabilitação (CRR) Jorge Rafful Kanawaty.

O prefeito Jonas Donizette (PSB) disse que o espaço foi idealizado como um lugar terapêutico, pensando nas pessoas que estão em tratamento nas unidades de saúde, principalmente no CRR.

A expectativa é que cerca de 50 pessoas passem pelo Jardim Sensorial por semana. O espaço vai funcionar das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira.

SOBRE O JARDIM

O Jardim dos Sentidos tem o formato arredondado, com dez canteiros com plantas e flores coloridas, ervas medicinais, condimentos, chás, gramas e pedriscos.

Foi inspirado em experiências da Europa e em outras do Brasil, como o Jardim Sensorial de Curitiba e o Parque Inhotim, em Minas Gerais. É totalmente acessível, livre de barreiras arquitetônicas garantindo que as pessoas com deficiência possam aproveitar o espaço.

O jardim oferece canteiros com corrimão, guia, trilha específica para cadeira de rodas, bancos, informações úteis sobre o espaço e os nomes das plantas escritos em português e em braille. Possui piso tátil.  



CUSTOS

Foram investidos cerca de R$ 425 mil na construção do local. Os recursos destinados pelo Ministério Público do Trabalho.

O projeto foi elaborado por profissionais que trabalham com plantas medicinais no CRR e teve apoio da Comissão Permanente de Acessibilidade.

O projeto arquitetônico foi feito pela arquiteta da Emdec Thaís Mendonça, que faz parte da Comissão de Acessibilidade. A idealizadora foi Heloísa Pimentel, que também participou do evento. O Conselho de Saúde também participou do projeto.

QUEM É

Gisela Heller Gordon, que dá nome ao jardim, trabalhou de 1987 a 1999 na Prefeitura de Campinas. Arquiteta formada pela USP, dirigiu o Departamento de Urbanização de Favelas, trabalhou na Coordenadoria Ambiental e Departamento de Meio Ambiente da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, na Secretaria de Obras e no Departamento de Parques e Jardins (DPJ).

Tinha como projeto a construção de um Jardim dos Sentidos em Campinas e por isso a homenagem. Faleceu em 22 de novembro de 2013 vítima de AVC (acidente vascular cerebral).

Mais do ACidade ON