Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Justiça decide se empresário vai a juri popular

Roberto Salvador Filho, em 2014, se envolveu em um acidente que matou Giovanni Raimundo Buzzo, de 50 anos, além de ferir outras duas pessoas, no bairro Nova Campinas

| ACidadeON Campinas

Acidente foi no bairro Nova Campinas em 2014 (Foto: Vaner Santos/EPTV) 

A Justiça de Campinas realizou, na tarde desta segunda-feira (16), a primeira audiência para definir se o empresário Roberto Salvador Filho vai à juri popular. Em 2014, ele se envolveu em um acidente que matou Giovanni Raimundo Buzzo, de 50 anos, além de ferir outras duas pessoas, no bairro Nova Campinas. Ele é acusado de homicídio simples.

De acordo com o TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo), hoje ocorreu a audiência de instrução. Foram ouvidas cinco testemunhas de acusação e duas de defesa. Houve redesignação da audiência para o dia 3 de dezembro, às 15h, para a oitiva de uma testemunha de defesa e para o interrogatório do réu.

"Depois disso o juiz decidirá pela pronúncia ou não do réu. Se pronunciado, ele irá a júri popular. O réu está solto", disse a nota oficial.

O advogado de defesa, José Pedro Said Junior, foi procurado, mas não houve retorno. A matéria será atualizada caso haja um posicionamento.

O CASO

O acidente ocorreu no dia 8 de julho de 2014 entre dois carros de luxo, na Avenida Moraes Salles. Na ocasião, a vítima atravessou o sinal vermelho do cruzamento, em frente ao Ventura Mall, no bairro Nova Campinas.

Buzzo ficou preso nas ferragens. Para resgatar o homem, o Resgate, do Corpo de Bombeiros, precisou cortar a porta do carro. Durante 20 minutos, eles fizeram massagem cardíaca na vítima, mas não tiveram sucesso.

Mais do ACidade ON