Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Indaiatuba confirma primeira morte por febre maculosa

A vítima foi uma mulher de 58 anos, moradora do Mosteiro de Itaici que faleceu no dia 13 de setembro

| ACidadeON Campinas

Febre maculosa assusta na região. (Foto: Denny Cesare/Código 19) 

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Indaiatuba confirmou, nesta segunda-feira (7), a primeira morte por febre maculosa.

A vítima foi uma mulher de 58 anos, moradora do Mosteiro de Itaici, que faleceu no dia 13 de setembro no Haoc (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) no atendimento por convênio.

A Prefeitura intensificou as medidas com relação a precaução e informações sobre Febre Maculosa, realizando ações de orientações aos moradores do condomínio, reforçou as placas como área de alerta e orientou o condomínio sobre as formas adequadas de prevenção.

Além disso, mandou informativo de atenção aos sintomas e sinais de Febre Maculosa para equipes de saúde da cidade tanto no atendimento SUS como na rede particular. 
 
A cidade tem dez casos suspeitos da doença ainda em investigação. A última morte por maculosa registrada em Indaiatuba foi em 2016.

Mais do ACidade ON