Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Campinas terá delegacia especializada para pessoas com deficiência

Unidade funcionará, até o começo de novembro, na 2ª Delegacia Seccional, no Jardim Londres, e será a primeira fora da capital no Estado

| ACidadeON Campinas

A 2ª Delegacia Seccional de Campinas, no Jardim Londres (Foto: Denny Cesare/Código19) 

Campinas deve ganhar a primeira delegacia especializada em atender pessoas com deficiência e ela funcionará em uma ala adaptada na 2ª Delegacia Seccional do município, no Jardim Londres. A reportagem apurou que a unidade deve abrir entre o final deste mês e o começo de novembro.

A delegacia será instalada em uma sala adaptada da Seccional e no local haverá policiais civis e intérpretes de libras, sociólogos e assistentes sociais que auxiliarão a pessoa com deficiência a registrar boletins de ocorrência e outros casos.

De acordo com o delegado responsável pelo Deinter 2 (Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior), José Henrique Ventura, o projeto é piloto e funcionará em duas salas adaptadas na Seccional. "Campinas será um laboratório para esse tipo de serviço. Ainda estamos aguardando mais detalhes e como funcionará. Mas as salas estão sendo reformadas", afirmou.

O vereador Jorge da Farmácia (PSDB), que é membro do Conselho Gestor da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Estado de São Paulo e quem encaminhou o pedido, conta que recebe muitas reclamações de pessoas com deficiência, principalmente as surdas, do atendimento nas delegacias.

"Aos procurarem as delegacias para registrar os boletins de ocorrência, elas sentem falta do intérprete de libras", disse ele.

NA CAPITAL

Na capital, a delegacia já opera com esse sistema diferenciado, ao manter uma equipe mista de policiais e um Centro de Apoio Integrado composto por uma equipe multidisciplinar. Criada em 2014, a delegacia é uma parceria da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Governo do Estado de São Paulo e a SSP (Secretaria da Segurança Pública).

A delegacia de Campinas deve ainda funcionar nos mesmos moldes da capital, que tem acesso a toda a rede de assistência social da cidade e que muitas vezes as pessoas necessitam de atendimento médico ou hospitalar.

Além disso, visitas às residências também são feitas em alguns casos para o melhor compreensão da dinâmica familiar e social do atendido.

DENÚNCIAS

As denúncias de crimes contra pessoas com deficiência são repassadas para a delegacia pelo serviço do Disque 100, da Secretaria Nacional de Direitos Humanos.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON