Aguarde...

ACidadeON Campinas

Campinas
mín. 20ºC máx. 36ºC

cotidiano

Educação vai reduzir quase 40% das salas de EJA em 2020

De acordo com a pasta, no próximo ano serão 15 salas de aula e atualmente são 24; Prefeitura alega que a medida vai otimizar recursos

| ACidadeON Campinas

Das 24 salas de EJA, nove serão fechadas em 2020 (Foto: Divulgação/PMC) 

A Secretaria de Educação de Campinas vai reduzir quase 40% das salas do curso de EJA (Educação de Jovens e Adultos) de escolas da cidade. No dia 26 de setembro, o ACidade ON Campinas adiantou que a Emef Dulce Bento Nascimento, no bairro Guará, no distrito de Barão Geraldo, teve 50% de redução.

De acordo com a pasta, no próximo ano serão 15 salas de aula e atualmente são 24 - uma queda de 37,5% da educação de jovens e adultos.

Além da escola do distrito, haverá mudanças, por exemplo na Escola Municipal Pierre Bonhomme, na Vila Industrial; na Escola Municipal Corrêa de Mello, no Parque Dom Pedro II, na região do Ouro Verde e na Emef Profª Geny Rodriguez, no São Bernardo.

Na Escola Municipal Corrêa de Mello serão fechadas as cinco salas existentes. Na Geny Rodriguez há cinco atualmente e uma será fechada. Na Escola Municipal Pierre Bonhomme há uma única sala em funcionamento.

Segundo a Prefeitura, os alunos matriculados continuarão sendo atendidos, sem prejuízo aos conteúdos pedagógicos, em salas multisseriadas (onde são trabalhadas na mesma sala de aula mais de uma série do Ensino Fundamental).

"A Secretaria de Educação garante que a qualidade do ensino será preservada e que os direitos dos alunos serão garantidos", afirmou a nota oficial.

VIDA COMPLICADA

Jaciara Rodrigues Santos, que trabalha fabricando adesivos para unhas, estava no morando no Paraná e voltou para Campinas há pouco tempo como forma de recomeçar a vida. Ela viu o EJA como uma chance para conseguir uma vida melhor.

"Eu preciso crescer no meu trabalho. E para isso, eu preciso estudar mais. É muito difícil trabalhar e estudar e eu preciso do EJA para conseguir conquistar as coisas e vem o prefeito e quer apagar meus sonhos", afirmou.

Jaciara disse que ninguém informou nada com precisão e que tem outros alunos já desanimados. "Só vieram e deram a informação que vai fechar sala. Não falaram mais nada e estamos esperando", disse.  
 
NA CÂMARA

Por conta deste fechamento de salas, a Comissão de Educação e Esportes da Câmara de Campinas ouve, nessa quinta-feira (10), a secretaria municipal de educação. A reunião extraordinária da Comissão acontece às 10h, no Plenarinho da Câmara.

Mais do ACidade ON