Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Após novela, Prefeitura abre UPA com funcionamento parcial

Pronta há mais de dois anos, unidade do Carlos Lourenço inicialmente vai atender somente pacientes adultos, de segunda a sexta-feira

| ACidadeON Campinas

 

UPA Carlos Lourenço inaugura parcialmente nesta segunda (Foto: Carlos Bassan/PMC)

A Prefeitura de Campinas inaugurou neste domingo (3) a UPA Carlos Lourenço, que vai começar a funcionar amanhã (4), a partir das 7h, para o atendimento de pacientes adultos, em plantão 24h, mas somente de segunda a sexta-feira.

O governo ainda não sabe quando o atendimento será estendido para o fim de semana e quando vai passar a incluir a pediatria.

A estrutura, que começou a ser construída no governo de Hélio de Oliveira Santos (PDT), está pronta há mais dois anos, mas a Prefeitura não tinha recursos para manter o custeio da unidade (pagamento de pessoal, compra de equipamentos e manutenção).

O governo conseguiu R$ 3,5 milhões por meio de emendas parlamentares, verba que será suficiente para colocar a unidade em funcionamento. A obra custou R$ 4,8 milhões. Deste total, o Ministério da Saúde liberou R$ 1,9 milhão. O restante foi pago pela Prefeitura.

O local tem capacidade para atender 500 pacientes por dia. Para custear os serviços é preciso desembolsar R$ 1,8 milhão por mês. O governo federal repassa apenas R$ 500 mil.

A UPA Carlos Lourenço vai fazer de 10 mil a 12 mil atendimentos mensais, o que vai desafogar o atendimento em até 15% no hospital Mário Gatti, HC da Unicamp e Santa Casa de Valinhos.

A UPA contará com o setor de observação, exames de raio-x e exames de laboratório (de sangue, de urina e outros de urgência).

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON