Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Bebê de um ano morre ao ser atropelado por ônibus

O caso ocorreu no bairro Jardim Maracanã, na região do Campo Grande, em Campinas

| ACidadeON Campinas

Caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas 

Um bebê de um ano e quatro meses morreu, no final da noite de domingo (4), após ser atropelado por um ônibus do transporte público coletivo de Campinas. O corpo de Mateus Lucas foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) da cidade.

O caso ocorreu no bairro Jardim Maracanã, na região do Campo Grande. Segundo informações iniciais da Polícia Civil, a tragédia foi por volta das 20h, na Rua Loja Maçônica Independente.

A polícia informou que o motorista do veículo perdeu o controle ao fazer uma curva e atingiu o carrinho no qual o bebê estava. A criança foi arremessada e o ônibus a atropelou. A mãe estava junto, mas não sofreu ferimentos.  O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi até o local, mas a vítima morreu na hora. 

O motorista, segundo o boletim de ocorrência, parou para prestar socorro, mas a população o ameaçou de linchamento. Ele teve que se abrigar em um igreja até a chegada da polícia.  Ele foi encaminhado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Campo Grande. 
 
"A gente estava atravessando na faixa de pedestres, quando o ônibus veio e acertou o carrinho. O bebê caiu e ele passou por cima. A mãe tentou voltar para trás, mas não deu tempo. Foi uma cena terrível", afirmou Eliene Neves, avó da criança. Ainda não há informações sobre o velório e o enterro.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas, no bairro Jardim Londres. Em nota, a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas) lamentou o que classificou como uma "trágica ocorrência". "A Emdec não possui o registro do acidente; mas irá acompanhar a apuração das circunstâncias do fato, que é feita pela Polícia Civil. A Emdec também já acionou o operador responsável pela linha para prestar esclarecimentos e informações sobre o ocorrido."

O SetCamp (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas) informou que lamenta o ocorrido e vai abrir uma sindicância para apurar o que aconteceu.

O bebê de um ano e quatro meses junto com a avó, Eliene Neves (Foto: Arquivo Pessoal)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON