Aguarde...

ACidadeON

Voltar

cotidiano

Saúde faz ação especial em creche após casos de tuberculose

Uma monitora e uma criança foram diagnosticadas com a doença. Outros oito alunos estão com a infecção latente - não desenvolveram a doença

| ACidadeON Campinas

Casos de tuberculose foram na CEI Maria Antonina Mendonça de Barros (Foto: Denny Cesare/Código19)

A Secretaria de Saúde de Campinas está adotando medidas preconizadas em relação aos casos de tuberculose da CEI (Centro de Educação Infantil) Maria Antonina Mendonça de Barros, no Jardim Santa Eudoxia.

De acordo com a pasta, o caso está sendo acompanhado pela Visa (Vigilância em Saúde) Sul e pelo Centro de Saúde Vila Orosimbo Maia desde o início de setembro, quando a monitora da escola foi diagnosticada com tuberculose.

Oito crianças foram diagnosticadas com a infecção latente (não desenvolveram a doença) e estão recebendo os cuidados médicos necessários. Uma criança foi diagnosticada com tuberculose e está em tratamento.

A Secretaria de Saúde informou também que todas as crianças que tiveram contato próximo com a funcionária foram investigadas conforme protocolo indicado, com a realização de exames.

"Há um tratamento para não desenvolver a doença. Também investiga para ver se pessoas próximas também estão doentes, que envolve exames e avaliação médica", disse Valéria Almeida, infectologista do Devisa (Departamento de Vigilância em Saúde). .

A monitora foi afastada e as crianças não, pois não há transmissão nessa faixa etária. As equipes de Saúde realizaram reuniões com os pais e com os funcionários da CEI para prestar todos os esclarecimentos necessários.

UM DOS CASOS

A dona de casa Geiciele Paulino Melo, de 25 anos, tem uma filha de um ano e meio na CEI. A criança foi uma das que foi diagnosticada com tuberculose.

"No meio de setembro a creche ligou e chamou todos os pais do berçário. A gente foi até lá e contaram da doença. Todos os alunos fizeram exames e minha filha foi diagnosticada", disse.

Antes de descobrir que estava infectada, a filha chegou a ficar afastada um mês por conta de infecção de ouvido e quando retornou, foi confirmada a tuberculose também.

A DOENÇA

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e/ou sistemas.

"A transmissão se dá por via respiratória e a tem que estar tossindo. Diferente de outras doenças, ela necessita de um contato muito prolongado para adquirir a doença", afirmou a médica.


Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do ACidade ON. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. ACidade ON poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."

Facebook

Mais do ACidade ON