Aguarde...

cotidiano

Casal suspeito de roubar supermercados é preso pela PM

Câmeras de segurança do supermercado de Valinhos registraram os três assaltos nos últimos três meses

| ACidadeON Campinas

Suspeito foi preso ontem em Campinas. Foto: Reprodução de vídeo

A Polícia Militar prendeu ontem (14) um casal suspeito de cometer vários assaltos em supermercados da região. Em um deles, em Valinhos, eles roubaram ao menos três vezes e fugiram com quase R$ 4 mil. A última ação ocorreu ontem quando o suspeito conseguiu roubar R$ 500.

Câmeras de segurança do supermercado de Valinhos registraram os três assaltos nos últimos três meses. O primeiro roubo ocorreu no dia 1º de setembro. O suspeito aparece nas imagens usando um boné vermelho e camisa verde. Ele entra no local fingindo ser cliente, quando chega ao caixa anuncia o assalto. Ele levou R$ 2.970 naquele dia.  

Já no dia 22 de outubro, ele volta. Ele entra disfarçando mexendo no celular, se aproxima do caixa e mostra a arma para uma funcionária do comércio. Ela entrega o dinheiro do caixa, cerca de R$ 400.  

No roubo registrado ontem, o suspeito, de 24 anos, teve uma ajuda. Ele levou uma mulher de 20 anos. Ela entra no mercado com uma criança, compra alguns produtos e sai. Minutos depois o assaltante entra com arma na mão e rende dois funcionários. Os dois caixas são esvaziados. Admilson pega cerca de R$ 500 e vai embora.  

Segundo a Polícia Militar, a função da mulher era analisar os riscos para o comparsa. "Ela entrava antes do roubo para observar o local, a quantidade de pessoas e se havia algum risco. Depois ela saia e o informava. Diante disso ele entrava, cometia o roubo em uma ação muito rápida", afirmou o policial militar Guilherme Tenório Garé.  

A suspeita foi encontrada ontem pela polícia no mesmo bairro do comércio assaltado em Valinhos. Ela deu todos os detalhes da ação e indicou onde o homem estava. Ele foi preso no bairro Jardim Andorinha, em Campinas. "Ele estava em uma via pública. Ele foi abordado e estava com uma mochila, dentro dela ele mantinha um simulacro utilizado nos roubos e dinheiro", afirmou o policial.  

Uma tatuagem no pescoço do acusado também ajudou a polícia a identificar o assaltante e ver que ele também era autor de outro roubo em um supermercado na Vila Costa e Silva em Campinas. "Ele já vem cometendo esses crimes a tempo. Ele tem essa tranquilidade, inclusive ele tem passagem por roubo", afirmou o policial.

Mais do ACidade ON