Aguarde...

cotidiano

Artesp estuda novos acessos da Bandeirantes em Campinas

A implantação pode ocorrer nos distritos do Ouro Verde e Campo Grande por meio da Rodovia Adalberto Panzan

| ACidadeON Campinas

Artesp estuda novos acessos na Rodovia dos Bandeirantes (Foto: Denny Cesare/Código19) 

A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) iniciou um estudo para criar um novo acesso da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) em Campinas. Ainda não há prazo para o documento ser concluído.

O deputado estadual Rafa Zimbaldi (PSB) promoveu um encontro com o órgão para discutir a implantação dos acessos dos distritos do Ouro Verde e Campo Grande para a Bandeirantes, por meio da Rodovia Adalberto Panzan.

Além da Artesp, participaram também a concessionária responsável pelo rodovia, AutoBAn, e a Prefeitura de Campinas.

A Artesp informou que a Rodovia dos Bandeirantes é uma rodovia "classe zero", isto é, planejada para ter o mínimo de acessos a fim de garantir tráfego contínuo e fluidez, proporcionando aos usuários viagens mais rápidas, reduzindo assim o tempo gastos nos trajetos de longa distância.

"Qualquer projeto a ser implantado terá de levar em consideração essa característica e as condições para rodovias "classe zero" previstas no Decreto nº 4355 de 27 de agosto de 1974", disse a Artesp em nota.

Os acessos da Bandeiras para essas duas regiões da cidade são uma demanda antiga dos moradores. Atualmente, a Bandeirantes tem acesso em Campinas apenas pela Rodovia Santos Dumont (SP-075).

Uma nova obra deste porte iria desafogar o trânsito, principalmente na região do Campo Grande, onde o primeiro acesso à rodovia ocorre próximo ao Jardim Garcia, na Rodovia Anhanguera (SP-330).

A Prefeitura de Campinas informou que a Secretaria de Urbanismo também irá iniciar um estudo de viabilidade de obras. Ele também não tem prazo para ser entregue.

Mais do ACidade ON