Aguarde...

cotidiano

Pessoas com fibromialgia terão atendimento preferencial

Pacientes com a doença terão filas e vagas para estacionamento exclusivas, assim como gestantes, idosos e pessoas com deficiência

| ACidadeON Campinas

Fibromialgia causa dores generalizadas (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Campinas publicou nesta segunda-feira (23), no Diário Oficial, a lei que concede o atendimento preferencial a pessoas com fibromialgia, doença crônica que provoca dores generalizadas.

Dessa forma, pessoas com fibromialgia terão o mesmo atendimento recebido por idosos, pessoas com deficiência e gestantes, inclusive com reserva de vagas em estacionamentos.

Segundo a publicação no Diário Oficial, a identificação dos beneficiários se dará por meio de cartão ou adesivo expedido pelo órgão municipal competente, mas que a lei ainda deverá ser regulamentada para definir de que forma isso será feito.

O projeto de lei é dos vereadores Vinícius Gratti (PSB) e Zé Carlos (PSB).

SAIBA MAIS

A fibromialgia é uma síndrome dolorosa idiopática, crônica e não articular, com pontos dolorosos generalizados. É uma doença multissistêmica caracterizada por distúrbios do sono, fadiga, dor de cabeça, rigidez matinal, parestesias e ansiedade.

A fibromialgia é um distúrbio comum, que ocorre em todas as populações. Afeta 0,5% a 5% da população em geral. As mulheres entre 40 e 60 anos são a maioria, com uma proporção de acometimento de mulheres para homens de 8 a 10:1.

As causas não são definidas. Embora não haja consenso para o tratamento, há evidências de que uma abordagem multidimensional com educação do paciente, terapia comportamental cognitiva, cinesioterapia, fisioterapia e terapia farmacológica pode ser eficaz.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON