Aguarde...

cotidiano

Campinas fecha 2019 com 173 casos de sarampo

Último balanço, de dezembro, indicava que cidade tinha 135 casos; novos dados foram divulgados nesta segunda (13)

| ACidadeON Campinas

Sarampo em Campinas chegou a 173 casos em 2019 (Foto: Fernanda Sunega/PMC) 

Campinas fechou o ano de 2019 com um total de 173 casos de sarampo diagnosticados, segundo dados da Secretaria de Saúde divulgados nesta segunda-feira (13). De acordo com o novo boletim, a maioria dos pacientes são crianças. Os números correspondem até o dia 26 de dezembro de 2019. No entanto, segundo a pasta, o total pode variar ainda pois o balanço não é consolidado.

Do total de casos, 44 foram registrados em menores de um ano; 43 são em crianças entre 1 e 4 anos; cinco, em crianças entre 5 e 9 anos; três entre 10 e 14 anos; 13 entre 15 a 19 anos. Outros 30 casos ocorreram em adultos na faixa etária entre 20 e 29 anos; 23, na faixa entre 30 e 39 anos de idade; sete em pessoas com idade entre 40 e 49 anos; três entre 50 e 59 anos; e dois entre 60 e 69. Não houve óbitos.

Em todos os casos, antes mesmo da confirmação por exames de laboratório, foram desencadeadas as medidas preconizadas, que incluem o afastamento social dos casos suspeitos durante o período de transmissibilidade e a identificação e bloqueio vacinal das pessoas que tiveram contato com os casos suspeitos. O objetivo de tais medidas é interromper a transmissão.

O último balanço divulgado, do dia 11 de dezembro de 2019, o número de casos confirmados era 135. No ano todo, Campinas não registrou óbitos de sarampo. Em 2018, não havia casos diagnosticados no município.

VACINAS


Segundo a Secretaria, foram aplicadas na cidade, no ano passado, mais de 99 mil doses da vacina contra o sarampo. Desde julho, em ações de bloqueio, foram aplicadas mais de 12 mil doses de vacina contra o sarampo, que continua disponível em todos os centros de saúde da cidade e é gratuita.

Mais do ACidade ON