Aguarde...

cotidiano

Americana apura morte de adolescente por meningite

Moradora de Americana, a adolescente de 12 anos morreu no Hospital Samaritano de Campinas

| ACidadeON Campinas

Adolescente morreu no Hospital Samaritano, em Campinas 

A Secretaria de Saúde de Americana está investigando uma morte por meningite de uma adolescente de 12 anos. Se confirmado, será o primeiro caso de 2020 da cidade.

De acordo com o informado pela Administração, Ela chegou a ser internada Hospital Samaritano da cidade, foi transferida para o mesmo hospital de Campinas, onde acabou morrendo.

A Vigilância Epidemiológica de Americana informou que enviou uma amostra de sangue para o Instituto Adolfo Lutz para tentar identificar o agente patológico e, assim, encerrar o caso.

A EVOLUÇÃO

De acordo com a Vigilância, a adolescente havia sido encaminhada, inicialmente, ao Hospital Samaritano de Americana, onde retornou por algumas vezes apresentando sintomas como dor de cabeça, febre, dor de garganta e dificuldades para engolir.

Conforme a vigilância apurou, pela última vez em que a paciente esteve nesta unidade hospitalar, apresentava confusão mental e seu quadro piorou muito, tendo inclusive que ser entubada.

O Hospital a encaminhou para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Samaritano em Campinas, onde ela permaneceu até vir a óbito.

Segundo a Prefeitura, tanto no hospital de Americana, quanto no de Campinas, não foi realizada a coleta de amostra específica para diagnóstico de meningite, o que impossibilita saber tratar-se de meningite bacteriana ou viral.

SAMARITANO

Procurado, o Samaritano informou, através de nota oficial, que "maiores detalhes do atendimento médico serão informados somente às pessoas legalmente competentes e partes relacionadas ao caso, diante do sigilo médico e da proteção à intimidade da paciente".

Além disso, informou que "irá apurar, interna corporis, os fatos e comunicará a quem de direito".

Mais do ACidade ON