Aguarde...

cotidiano

São Paulo tem primeiro caso de coronavírus confirmado

Homem de 61 anos, que mora na capital paulista, voltou da região do foco italiano da doença e foi atendido no Hospital Israelita Albert Einstein

| Folhapress

1º caso do Brasil foi confirmado na capital paulista (Foto: Folhapress) 

O Ministério da Saúde e a Secretaria de Estado da Saúde confirmaram o primeiro caso na capital paulista de suspeita de coronavírus em uma pessoa vinda da Itália. Segundo o ministério, trata-se de um homem de 61 anos, que passou pelo Hospital Israelita Albert Einstein (zona sul), que nesta terça-feira registrou a notificação de caso suspeito da doença.

"No atendimento, o hospital adotou todas as medidas preventivas para transmissão por gotículas, coletou amostras e realizou testes para vírus respiratórios comuns e o exame específico, conforme preconizado pela Organização Mundial de Saúde", diz o ministério. "Com resultados preliminares realizados pela unidade de saúde e de acordo com o Plano de Contingência Nacional, o hospital enviou a amostra para o laboratório de referência nacional, o Instituto Adolfo Lutz, para contraprova. Este processo de validação dos resultados está em curso e o Ministério da Saúde divulgará o laudo final da investigação oportunamente", afirma a nota.

Segundo o ministério, o homem traz histórico de viagem para a Itália, na região da Lombardia (norte do país), à trabalho, sozinho, no período entre 9 de fevereiro e a última sexta-feira (21). A Itália registrou nesta terça (25) a 11ª morte pelo novo coronavírus. As principais regiões atingidas são o norte e o nordeste do país.

"[Ele] iniciou com sinais e sintomas [febre, tosse seca, dor de garganta e coriza] compatíveis com a suspeita de doença pelo coronavírus 2019 [covid-19]. O paciente está bem, com sinais brandos e recebeu as orientações de precaução padrão", diz o ministério.

Segundo balanço divulgado na tarde desta quarta pela gestão João Doria, são quatro casos com suspeita da doença no estado e todos são adultos. Um deles mora em Bauru (329 km de SP) e veio do Japão. Os outros dois estão na capital, um vindo do Japão e o outro com passagens por China e Coreia do Sul.

Até o momento, o estado descartou os 26 suspeitos descartados para covid-19. No restante do Brasil também não há nenhum caso confirmado.

"É fundamental procurar o serviço de saúde mais próximo se a pessoa apresentar sintomas como febre, dificuldade para respirar, tosse ou coriza, associados aos seguintes aspectos epidemiológicos: histórico de viagem em área com circulação do vírus [consulte os sites indicados no final do texto], contato próximo caso suspeito ou confirmado laboratorialmente para o vírus", afirma a nota.

"As equipes de vigilância seguem atentas para realizar respostas rápidas e efetivas quando necessário", diz a diretora da Vigilância Epidemiológica, Helena Sato.  

(Com informações da FolhaPress)

Mais do ACidade ON