Aguarde...

cotidiano

Coronavírus: homem do mesmo voo de infectado passou pelo HC

Caso não é considerado suspeito porque homem não teve sintomas; ele estava no mesmo voo de empresário que foi confirmado com o vírus

| ACidadeON Campinas

Paciente foi atendido no Hospital de Clínicas da Unicamp (Foto: Denny Cesare/Código 19)
Um homem que estava no mesmo voo do empresário de 61 anos que foi confirmado com coronavírus na capital na noite de terça-feira (26) foi atendido no Hospital de Clínicas da Unicamp, em Campinas.

O homem está sendo monitorado pelo governo estadual por ter tido contato com o paciente confirmado. A informação foi confirmada por Helena Sato, diretora-técnica do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica) da Secretaria de Estado da Saúde, nesta quarta-feira (26), em coletiva de imprensa na capital.

De acordo com a pasta, ele não ficou internado no hospital mas realizou o exame para o coronavírus. O resultado ainda deve ser divulgado pelo Instituto Adolfo Lutz.

O homem não teve a idade ou identidade revelada. Também não foi divulgado se ele é morador de Campinas. Segundo a pasta, ele não está em isolamento e não é considerado um caso suspeito, pois não apresentou os sintomas da doença. No entanto, ele estava sentado no avião em uma cadeira próxima ao do homem que teve a infecção pelo vírus confirmada.  
 
Também na tarde de hoje (26) a Prefeitura de Campinas informou que monitora um único morador da cidade que estava no mesmo voo do paciente infectado. Segundo a Prefeitura, o homem não passou por nenhuma unidade médica e nem fez por exames para detectar a doença. Ele segue monitorado e se apresentar qualquer tipo de doença está alertado para avisar as autoridades (leia mais aqui).

Além dele, outras pessoas também estavam perto dele no avião. Essas pessoas foram consideradas de maior risco e, por isso, estão sendo monitoradas. Quatro delas são da cidade de São Paulo, uma de Campinas, uma de Jundiaí e quatro de Porto Alegre (RS).

Campinas teve apenas um caso considerado suspeito da doença, de um empresário de 33 anos que esteve na China. O caso, no entanto, já foi descartado.

CASO CONFIRMADO E VINHEDO

Ainda nesta quarta-feira, a Vigilância Epidemiológica de Vinhedo informou que monitora três pessoas de uma mesma família por terem tido contato com empresário de 61 anos da capital.

A família, sendo dois adultos e uma criança, são parentes do empresário e estiveram com ele no fim de semana. No total, 30 pessoas tiveram contato com ele. A família está em isolamento na casa onde mora, na cidade. As três pessoas passam bem e não têm nenhum sintoma relacionado ao vírus.

"A população de Vinhedo pode ficar tranquila", disse David Uip, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo.

A Secretaria de Saúde de Valinhos também monitora um casal de idosos que teve contato com o empresário da capital no fim de semana.

NA CAPITAL

Já o paciente que teve a confirmação da doença mora na capital paulista e esteve na região da Lombardia, no norte da Itália, entre os dias 9 e 21 de fevereiro. Ao retornar da viagem, na última sexta-feira (21), ele apresentou os sinais e sintomas compatíveis com a doença (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza). Ele segue em isolamento domiciliar e em bom estado clínico.

A esposa do empresário também está sendo monitorada, mas não tem os sintomas da doença. O lixo, roupas e comidas do homem que teve a doença confirmadas têm que ser separadas do restante da casa.

No total, o governo estadual informou que são 11 casos suspeitos em São Paulo, sendo que são nove na capital, um em Lorena e um em São Roque.

Mais do ACidade ON