Publicidade

cotidiano

Campinas recebe parceria para criação de 'campus inteligente'

Área na região da Unicamp, PUC-Campinas e Ciatec II, vai receber investimento de mais de US$ 1 milhão do BID

| ACidadeON Campinas -

Área de 11 milhões de m² vai receber o campus inteligente (Foto: Carlos A. Coutinho)
Nesta quarta-feira (11), representantes do governo do Estado, da Unicamp (Universidade de Campinas) e da Prefeitura assinarão um convênio com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), para criação do Hub Internacional para o Desenvolvimento Sustentável, um campus inteligente. O espaço funcionará como uma estrutura para compartilhar projetos de sustentabilidade e ampliar a cooperação acadêmica em Campinas.  

O projeto envolve uma área de 11 milhões de metros quadrados, comprada em 2014 pela Unicamp e nomeada de Fazenda Argentina. A área abrange a Unicamp, a PUC-Campinas, e a Ciatec II (Companhia de Desenvolvimento do Pólo de Alta Tecnologia de Campinas).  

As negociações com o Banco duraram cerca de 1 ano. O convênio será assinado pelos representantes no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista.  

O coordenador do projeto, Marco Aurélio Pinheiro Lima, diz que o planejamento do local foi pensado para unir as entidades. "A proposta foi fazer um planejamento não só da fazenda, mas de todo o território, dentro da visão de um uso misto, buscando sinergia entre as instituições", afirmou Lima.  

O PROJETO  

Pelo menos 15 instituições foram convidadas para o participarem do campus. O objetivo é encontrar soluções para área, e em breve transformar a região em um distrito inteligente, com foco em sustentabilidade, contando laboratórios vivos e em parceria com vários setores, servindo como modelo internacional.  

O projeto terá a primeira fase financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, que vai investir U$1 milhão e colaborar na criação de um plano diretor, com estudo para orientar a ocupação e o desenvolvimento da área. Até o final do ano é esperado que o conteúdo do projeto já esteja definido, e receba mais propostas de investimentos de empresas.


Mais notícias


Publicidade