Aguarde...

cotidiano

Casos suspeitos de coronavírus sobem para 127 em Campinas

Hoje a Secretaria de Saúde confirmou o terceiro caso da doença na cidade

| ACidadeON Campinas

Movimentação em frente ao Hospital de Clínicas da Unicamp. (Foto: Denny Cesare/Código 19)

O número de casos suspeitos de coronavírus em Campinas subiu 39,5% de ontem para hoje (18), segundo dados divulgados pela Prefeitura. Até esta terça-feira eram 91 casos, na atualização de hoje o número subiu para 127.

Hoje a Secretaria de Saúde confirmou o terceiro caso da doença na cidade. A paciente é uma mulher de 37 anos que retornou de viagem do Canadá no dia 29 de fevereiro e teve início de sintomas no dia 4 de março. Ela está em afastamento domiciliar e passa bem. Seus contactantes estão sendo monitorados. No dia 7, ela esteve em um evento na Unicamp com mais de 70 pessoas, que estão sendo monitoradas (leia mais aqui). No Brasil foi confirmado duas mortes hoje, subindo para três o total. 

Além da confirmação de mais um caso, o prefeito Jonas Donizette (PSB), informou que vai seguir com a ampliação de medidas restritivas em Campinas para tentar combater o contágio do coronavírus na cidade. Na semana passada a Administração já havia cancelado eventos com aglomeração de pessoas, como missas e eventos esportivos, na segunda-feira recomendou a mudança no horário no comércio para evitar aglomeração no transporte público, hoje Jonas anunciou o fechamento de todos os 25 parques e bosques de Campinas como a Lagoa do Taquaral a partir de amanhã (leia mais aqui).

Além dos parques e bosques, as 35 praças de esporte de Campinas, incluindo as piscinas públicas, interromperam o funcionamento desde ontem, terça-feira, 17 de março. Todas as atividades oferecidas nesses espaços também estão suspensas.
 
LEIA TAMBÉM
Clientes de supermercados mantêm rotina, mas incrementam compras

O prefeito também afirmou que pretende pedir a suspensão dos voos internacionais em Viracopos. O prefeito também pediu para que os donos de academias fechem as portas para evitar a disseminação do coronavírus.  
 
COMBATE 
 
O prefeito também informou que a cidade terá um hospital específico para tratar pacientes com coronavírus. A unidade vai funcionar na AME (Ambulatório Médico de Especialidades), localizado no Parque Itália. A inauguração será antecipada, mas o prefeito ainda não confirmou a data - a previsão inicial era o início de abril (leia mais aqui). 
 
Além da Administração o Hospital de Clínicas da Unicamp anunciou hoje (18) mudanças no atendimento de pacientes. Entre as medidas adotadas, o hospital contará com tendas do Exército, na área externa, para atendimento a pacientes com sintomas do coronavírus. A previsão é que o atendimento diferenciado comece na próxima segunda-feira (23) (leia mais aqui).  
 




Mais do ACidade ON