Aguarde...

cotidiano

ONG para crianças no Itatinga vai suspender atividades

As atividades de educação infantil estarão suspensas a partir de semana que vem. As demais serão mantidas

| ACidadeON Campinas

Cepromm vai reduzir atendimentos (Foto: Divulgação) 

As atividades de educação infantil, oferecidas pelo Cepromm (Centro de Promoção Para um Mundo Melhor), estarão suspensas a partir da segunda-feira (23), em Campinas. A medida atende as orientações dadas pelo prefeito Jonas Donizette (PSB) na segunda-feira (16), diante da pandemia de coronavírus.

O centro, localizado no Jardim Itatinga, atende crianças de 2 a 14 anos em situação de vulnerabilidade. As atividades são dividas entre a educação infantil (2 a 5 anos), que funcionam em período integral, e socioeducativas (6 a 14 anos), em contraturno escolar.

Contudo, apenas as atividades de educação infantil estarão suspensas a partir de semana que vem. As demais serão mantidas.

No entanto, a coordenadora Geral do Centro, Fernanda Ferreira, se diz indignada com a situação. Para ela, a medida põe a saúde das crianças e funcionários em risco devido a grande movimentação que o bairro recebe frequentemente.

"Aqui no Jardim Itatinga há uma preocupação muito grande porque estamos em uma área de zona de prostituição, a rotatividade das pessoas do bairro é muito alta, então vem gente de todos os lados, está muito perto do aeroporto, passa muito caminhoneiro e vem muita gente de fora também", ponderou.

De acordo com ela o número de crianças caiu cerca de 95% essa semana, o que viabiliza a paralisação completa das atividades.

"As crianças não estão vindo porque os pais já foram orientados a deixar elas em casa. A gente vai aguardar se vai ter algum posicionamento de algum gestor municipal até sexta-feira, se vai dispensar todo mundo. Porque a situação aqui está realmente muito grave", complementou Fernanda.

CEPROMM

O Cepromm é uma OSC (Organização da Sociedade Civil) sem fins lucrativos que atua com foco na garantia de direitos da criança e do adolescente. Instalado no bairro Jardim Itatinga, em Campinas-SP, conhecido desde sua origem por abrigar a zona de prostituição, a entidade atende diariamente 270 crianças e adolescentes.

A presença da zona de prostituição facilita a violação de direitos da criança e do adolescente, é pela não violação desses direitos que o Cepromm atua no local desde 1993.

Mais do ACidade ON