Aguarde...

cotidiano

Após crise, Aeroporto de Viracopos pede relicitação de terminal

Concessionária Aeroportos Brasil teve plano de recuperação judicial aprovado; ela administra o aeroporto desde 2012

| ACidadeON Campinas

O Aeroporto Internacional de Viracopos, de Campinas (Foto: Luciano Claudino/Codigo19) 

A concessionária Aeroportos Brasil, que administra o Aeroporto Internacional de Viracopos desde 2012, pediu nesta quinta-feira (19) a relicitação do aeroporto após crise econômica. A estimativa é que a dívida da concessionária seja de R$ 2,8 bilhões, que teria sido agravada pela falta de demanda de passageiros e de cargas, projetada na época da licitação e que não se cumpriu. 

Além disso, há também multas por atrasos nas obras do terminal, contrapartida pela exploração do aeroporto por 30 anos. Nesta quinta, o pedido de relicitação foi feito após o plano de recuperação judicial da concessionária ser aprovado pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). 

Agora, o pedido de relicitação passará por uma qualificação da Anac, SAC (Secretaria de Aviação Civil) e PPI (Programa de Parcerias de Investimento).  
 
LEIA TAMBÉM 
Viracopos tem plano aprovado e pode ser relicitado


Em nota, a Agência disse que a "adesão à relicitação é um ato voluntário da concessionária e consiste na devolução amigável do ativo com a consequente realização de novo leilão e assinatura de contrato de concessão com outra empresa, nos termos da Lei nº 13.448/2017 e do Decreto nº 9.957/2019. Originalmente, o contrato de concessão de Viracopos expiraria em 2042". 

Com isso, todos os créditos devidos pela concessionária à União serão compensados do valor de indenização a ser paga à concessionária pelos investimentos realizados e que ainda não tenham sido pagos gradualmente. 



Mais do ACidade ON