Aguarde...

cotidiano

Campinas entra em quarentena a partir de segunda-feira

O anúncio foi feito após a confirmação que a cidade está com nove casos de coronavírus; há ainda outros 253 suspeitos

| ACidadeON Campinas

Campinas vai começar a quarentena nesta segunda-feira (Foto: Luciano Claudino/Código19) 

O prefeito Jonas Donizette (PSB) decretou que Campinas vai entrar em quarentena a partir desta segunda-feira (23). O decreto será publicado em uma edição extraordinária do Diário Oficial, neste domingo, e a medida será válida até o dia 12 de abril.

O anúncio foi feito após a confirmação de que a cidade está com nove casos de coronavírus - sete em isolamento domiciliar e dois internados. Além disso, outros 253 ocorrências estão sendo investigadas. Até a manhã deste sábado, Campinas tinha quatro casos confirmados.
 
Segundo Jonas, apenas os serviços essenciais, como estabelecimentos de alimentação, postos de combustíveis, saúde e segurança poderão funcionar. Os setores serão confirmados na edição do Diário Oficial de domingo. 

O prefeito afirmou que os fiscais estarão nas ruas mas que o objetivo não é punir quem mantiver estabelecimentos abertos. "O caráter é educativo", disse.

Agora, a RMC (Região Metropolitana de Campinas) agora soma 15 casos: nove em Campinas, um em Jaguariúna, três em Valinhos, um em Paulínia e um Hortolândia.  
 
MEDIDAS

Durante a live feita no Facebook, o prefeito também pediu para a população usar o transporte público somente se for extremamente necessário.

Os restaurantes vão poder funcionar, mas terão que operar com no máximo de 30% da capacidade de ocupação. Em relação aos impostos, Jonas descartou alterações nas cobranças. "Neste momento precisamos de recursos para manter os serviços". explicou.

O prefeito também anunciou que profissionais de imprensa entrarão no grupo prioritário para receber a vacina contra a gripe. A campanha começa na segunda-feira.  

A GM (Guarda Municipal) vai começar a fazer patrulha das entradas e saídas da cidade. Haverá uma filtragem com os motoristas, perguntando para onde a pessoa vai e se é mesmo necessário fazer o percurso.

"Acho que o fluxo será pequeno, mas o objetivo é evitar viagens desnecessárias", disse Jonas.  
  
NO ESTADO 

O governador João Doria (PSDB), anunciou, no começo da tarde deste sábado (21), uma quarentena por 15 dias para os 645 municípios do Estado. Somente serviços essenciais poderão funcionar. A ação faz parte de uma série de prevenções ao coronavírus.

O Estado registrou 15 mortes de pessoas infectadas pelo coronavírus, 459 casos confirmados e 34 pacientes internados em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) em tratamento.