Aguarde...

cotidiano

Farmácia começa a fazer teste rápido de covid-19 em Campinas

Testes devem ser agendados anteriormente e custam R$ 139

| ACidadeON Campinas

Teste é realizado após pequeno furo no dedo (Foto: Denny Cesare/ Código 19)
Uma farmácia de Campinas começou a realizar testes rápidos de covid-19 em clientes nesta semana. A drogaria, localizada no bairro Chapadão, começou na quarta-feira (3) a disponibilizar os exames para o publico. Até o momento cerca de 30 pessoas já procuraram a unidade para fazer o teste.  

A aplicação de testes rápidos para a detecção do novo coronavírus em farmácias foi autorizada no último mês pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas sem obrigação, são escassas as unidades que realizam os exames. Em Campinas, das quatro maiores redes farmacêuticas, apenas uma confirmou a realização. 

O teste pela farmácia é realizado filial da Drogaria São Paulo, na Avenida Andrade Neves, e indica se a pessoa já teve exposição ao vírus e se está contaminada. O exame custa R$ 139,00 e deve ser agendado antecipadamente. O teste rápido utiliza uma amostra de sangue através de um pequeno "furo" no dedo, para detectar a presença de dois tipos de anticorpos.  

Nesta semana o Hospital Vera Cruz de Campinas anunciou também um sistema de drive-thru para realizar exames de covid-19. No hospital a coleta e resultado custam a partir de R$ 349 (são dois tipos) e o paciente não precisa sair do carro para fazer o teste. Caso a pessoa queira fazer os dois tipos, o custo é de R$ 699.

Segundo o hospital, serão oferecidos testes das 8h às 17h, com objetivo de aumentar a testagem na cidade, que já conta com 100 óbitos confirmados do novo coronavírus e 2.632 casos.  

Tanto no hospital como na farmácia as redes garantes cuidados sanitários. Segundo Bruno Stoqui, gerente executivo da drogaria, é obrigatório uso de mascara e a unidade faz o acesso seguro aos clientes.  

"A realização dos testes em nossas redes tem sido implantada e ampliada com cuidado para a máxima segurança, entre eles há uso de EPIs adequados pelo farmacêutico e o fornecimento de máscara e álcool em gel para o cliente durante a testagem. Entre os atendimentos, é realizado o processo de limpeza e higienização do local", afirmou.

Mais do ACidade ON