Aguarde...

cotidiano

Trio formado por jovens de classe média é preso por sequestro relâmpago

Grupo foi responsável por cinco sequestros no período de 48 dias

| ACidadeON Campinas

Investigação da Polícia Civil identificou o grupo (Foto Ilustrativa: Denny Cesare/ Código 19)
Três pessoas foram presas após a Polícia Civil identificar uma quadrilha especializada em sequestro relâmpago em Campinas. O grupo agia em rodovias e em condomínios de alto padrão na cidade. Segundo a polícia, a quadrilha era formada por jovens de classe média, que organizavam os crimes em baladas na região do Cambuí.  

Segundo a Polícia Civil, no período de 48 dias o grupo foi responsável por cinco sequestros. A quadrilha fazia a abordagem das vítimas na rotatória da loja de material de construção Leroy Merlin, na altura da Avenida Mackenzie, e próximo a shoppings Iguatemi e Galleria. Além dos três detidos, o grupo ainda tem ao menos mais três integrantes. 

Os sequestros foram realizados pelos grupos nos dias 23 e 29 de abril, 1º e 5 de maio e o último no dia 11 de junho. Com a sequência dos crimes, investigadores do 12º Distrito Policial, no distrito de Sousas, realizaram um trabalho de inteligência, reunindo imagens de câmeras de segurança e depoimentos que identificaram veículos utilizados no crime. As prisões ocorreram entre os dias 12 e 16 de junho nas cidades de Campinas, Valinhos e Bragança Paulista.

Segundo a polícia seis integrantes da quadrilha já foram identificados, sendo três diretamente ligados aos sequestros, e três que se associam em empréstimos de contas bancárias. Destes, três estão entre os presos e o restante aguarda mandato judicial para a prisão. 

Os nomes dos presos foram mantidos em sigilo para não atrapalhar as investigações. Segundo a polícia, a quadrilha é suspeita ainda de cometer os crimes em outras regiões.

Mais do ACidade ON