Aguarde...

cotidiano

Ambulantes geram aglomeração no Terminal Metropolitano

Maior circulação ocorre no período da noite, após os agentes da Setec irem embora

| ACidadeON Campinas

SETEC diz que realiza fiscalização esporádica a noite (Foto: Reprodução/EPTV)
A aglomeração de ambulantes no Terminal Metropolitano e Rodoviário de Campinas tem incomodado os passageiros. Mesmo em período de isolamento social, o local recebe milhares de pessoas todos os dias. 

Pela manhã, a quantidade de vendedores é moderada por causa da fiscalização que é feita pela Setec. Lá pelas 16h o movimento começa a aumentar, mas é a partir das 18h que o local fica de fato lotado, com ambulantes fazendo filas para ter acesso ao terminal. 

Filmagens feitas por um passageiro insatisfeito mostram a aglomeração de ambulantes e de quem consome as mercadorias no terminal. "Devido à situação em que estamos vivendo cada um precisa fazer a sua parte", comentou um passageiro. 

Pelo decreto que regulamentou a reabertura, ficou estipulado que o comércio pode funcionar das 12h às 16h. Nos locais, muitos ambulantes trabalham sem máscaras, com produtos expostos no chão e sem seguir recomendações de higiene, como o uso de álcool em gel.  

Procurada, a Setec respondeu que realiza fiscalização no horário comercial e fiscalizações esporádicas no período da noite. O setor informou que irá reforçar o monitoramento, em parceria com a Guarda Municipal.  

Sobre os vendedores no terminal, a EMTU (Empresa Metropolitana de Transporte Urbano) alega que constantemente realiza ações para retirar os ambulantes do local, que já acionou os órgãos municipais e que, quando necessário, chama até a Polícia Militar. 


Mais do ACidade ON