Aguarde...

cotidiano

Competição irregular de kart acaba com tiros e confusão

Briga envolveu o filho do prefeito de Americana, que alegou ter feito disparos por legítima defesa; um inquérito foi instaurado e caso será investigado

| ACidadeON Campinas

Pilotos teriam se desentendido após acidente na pista de corrida (Foto: Reprodução/EPTV)
Uma competição irregular de kart, na tarde de sábado (4), acabou em confusão, disparos de arma de fogo e com um carro queimado em um kartódromo de Nova Odessa. Segundo a Prefeitura, o local não tinha autorização para funcionar.  

De acordo com o Boletim de Ocorrência registrado pelos envolvidos, a confusão teria começado por conta de um desentendimento entre os pilotos, depois de um acidente na pista de corrida. 

A equipe que se envolveu na briga disse que eles foram questionar o piloto sobre uma ação dele no meio da corrida, e que esse piloto seria o neto do prefeito de Americana, Omar Najar (MDB).  

Durante a briga, o piloto foi agredido e o pai dele Abno Najar, filho do prefeito de Americana, fez disparos com uma arma de fogo de forma aleatória, que não chegou a atingir ninguém.  

A defesa de Abno Najar confirmou que ele fez os disparos, mas que o mesmo teria agido em legítima defesa e para defender o filho que estava sendo agredido. Abno postou fotos do adolescente nas redes sociais, em que ele aparece com um corte profundo no rosto.  

Filho do prefeito de Americana postou foto do adolescente nas redes sociais (Foto: Divulgação/Redes sociais)

Além da briga e dos disparos, um carro foi queimado durante a confusão. De acordo com o delegado de Nova Odessa, o veículo era de uma equipe de Jundiaí, que teria pegado fogo após os disparos da arma atingi-lo. 

Os envolvidos foram até a delegacia registrar um Boletim de Ocorrência, mas, de acordo com o delegado, nenhuma das partes apontou um autor do crime. Por esse motivo, o boletim foi feito sem uma autoria identificada. Um inquérito foi aberto para investigar o caso e tem 30 dias para ser concluído. 

Ainda de acordo com o delegado, na noite de sábado em Americana, Abno Najar, pai do piloto agredido, procurou a polícia e registrou um boletim sobre a agressão que o filho dele sofreu durante a confusão. O piloto passará por um exame de corpo de delito hoje, a fim de identificar a agressão. 

CONTROVÉRSIAS 

Segundo a administração do kartódromo de Nova Odessa, as corridas são organizadas pelos próprios donos dos carros, e que o local tinha autorização da Prefeitura para funcionar.  

Já a Prefeitura nega essa versão, e diz que o kartódromo protocolou, no mês passado, um plano de ação para a retomada parcial das atividades, que foi negado pela Vigilância Sanitária por não constar no plano de flexibilização do Estado. 

De acordo com a Prefeitura, a decisão foi informada aos donos do kartódromo. A Vigilância disse que foi pega de surpresa com o evento e que está notificando o cartório pelo descumprimento do decreto estadual.  

Filmagens mostram que, além da competição de sábado, o local sediou outras corridas irregulares no domingo.

Mais do ACidade ON