Aguarde...

cotidiano

Após seca recorde, Defesa Civil emite alerta para chuva forte em Campinas

Cidade fez ontem um mês sem chuvas, completando o período mais seco em 31 anos

| ACidadeON Campinas

Campinas completou ontem um mês sem chuvas (Foto: Luciano Claudino/ Código19)

Após Campinas completar ontem (14) um mês sem chuvas, registrando o período mais seco em 31 anos de acordo com o Cepagri (Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura) da Unicamp, a Defesa Civil estadual emitiu um alerta para chuvas fortes na região de Campinas a partir de amanhã (16).

Segundo o órgão, a previsão é de chuva até 50 milímetros de domingo até sexta-feira (21). Em Campinas, a última chuva foi no dia 14 de julho, com apenas 2 milímetros de precipitação. No mês de julho inteiro, foram apenas 7,4 milímetros, sendo que a média histórica para o período é de 40,8mm, segundo o Cepagri. Desde o início das medições, em 1989, não houve Outono e Inverno tão seco na cidade.

Segundo o alerta da Defesa Civil, as chuvas ocorrem por causa de uma formação de frente fria no Paraná, que cria condições de temporais em praticamente todo o estado de São Paulo.  

De acordo com o órgão as chuvas podem vir acompanhadas de ventos fortes e raios, e terão mais intensidade no começo da semana, mas com maior duração a partir de quinta-feira (15).

A região de Campinas, no entanto, está com o alerta no nível amarelo- mais leve e com menor quantidade de chuva-, junto com o Vale do Paraíba e Bauru. Na região metropolitana de São Paulo, no litoral norte e na baixada santista, a classificação é vermelha, com previsão de chuvas acima de 100 milímetros.

Por conta do tempo seco, a Defesa Civil de Campinas tem emitido constantemente comunicados de estado de atenção (com umidade do ar abaixo de 30%) e de alerta (entre 12% e 20%) na região.

Mais do ACidade ON