Aguarde...

cotidiano

Campinas estuda corte de cestas para alunos do 5º e 9º ano

Os alunos vão voltar para as aulas presenciais a partir do dia 7 de outubro; segundo a lei, só estudantes com aulas suspensas podem receber as cestas

| ACidadeON Campinas

Entrega de cestas realizada por profissionais da rede (Foto: Denny Cesare/Código19) 

A Prefeitura de Campinas começou a estudar o corte na entrega de cestas básicas para as famílias dos alunos do 5º e 9º ano da rede municipal, que vão voltar às aulas presenciais a partir do dia 7 de outubro.

Em um documento encaminhada às diretorias das escolas da rede, o corte já foi definido. Porém, o prefeito Jonas Donizette (PSB) disse que o tema ainda está sendo estudado.

Segundo o documento, a ideia é cortar essas cestas aos alunos que retornariam as escolas. Já para os demais alunos a entrega das cestas vai continuar sendo distribuída.

Além das cestas básicas, a Prefeitura de Campinas doa também a cesta de hortifrútis que continua sendo entregues aos estudantes de toda a rede.

"Haverá um estudo sobre o que pode fazer. O que for legal, vamos fazer. Mas a lei federal diz que só pode dar durante o período de suspensão de aulas. Vamos avaliar nestes 15 dias", disse.

RETORNO

As aulas presenciais do 5º e do 9º ano em Campinas vão voltar a partir do dia 7 de outubro. O anúncio foi feito pelo prefeito Jonas Donizette (PSB), durante uma transmissão nas redes sociais na tarde desta segunda-feira (14).

Jonas explicou que a rede particular também poderá retomar as atividades presenciais no dia 7, mas a escolha também é facultativa para cada unidade. Caso decida pela volta, a escola precisa ter o termo de estabelecimento responsável, além de seguir regras do Devisa (Departamento de Vigilância Sanitária). O mesmo vale para a rede estadual. 

Documento foi enviado às escolas na semana passada

Mais do ACidade ON