Aguarde...

cotidiano

Com avanço da pandemia, Unicamp adia ampliação de retomada presencial

Universidade decidiu por "frear" plano de retomada por causa do aumento de casos no Estado

| ACidadeON Campinas

Unicamp decidiu adiar ampliação das atividades presenciais (Foto: Denny Cesare/Código19)

A Unicamp (Universidade de Campinas) informou nesta quarta-feira (18) que decidiu adiar a próxima fase do Plano de Retomada das atividades presenciais por causa do avanço da pandemia no país e na região metropolitana.  

Na última segunda-feira (16) a universidade permitiu a retomada de até 25% dos alunos de graduação, pós graduação e extensão, além de ampliar para até 60% o percentual de servidores em atividades presenciais, e 25% das crianças atendidas pelo Ceci (Centro de Convivência Infantil).  

A próxima ampliação estava prevista para o dia 30 de novembro, e permitiria 80% dos servidores, 50% dos alunos e 50% das crianças atendidas. No entanto, a "Fase 4", como era citada, é prevista agora apenas para o dia 14 de dezembro.  

Segundo a Unicamp, a decisão veio após observação da doença no cenário nacional e internacional, vendo uma nova evolução nos números de casos. A comissão citou o crescimento de 18% nas internações por coronavírus no estado de São Paulo na última semana, e a decisão do governo estadual de adiar para o dia 30 de novembro a reclassificação das regiões do estado no Plano São Paulo de retomada.  

Apesar de "frear" o plano, a universidade ressaltou que o monitoramento está sendo bem sucedido, sendo que a comunidade interna está aderindo às diretrizes estabelecidas, e não há evidência de avanço de casos na instituição.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON