Aguarde...

cotidiano

Polícia prende suspeitos de roubar joalheria no Iguatemi

Caso ocorreu na última sexta-feira (13) e homens levaram relógios e joias de luxo; prejuízo foi de R$ 1,5 milhão

| ACidadeON Campinas

Joias e relógios apreendidos pela polícia (Foto: Reprodução/EPTV Campinas) 

A Polícia Civil prendeu na cidade de São Paulo quatro homens suspeitos de envolvimento no roubo de uma joalheria localizada no Shopping Iguatemi, na Vila Brandina, em Campinas. O caso ocorreu na sexta-feira passada (13) e foram levados relógios e joias de luxo do local.

Segundo a joalheria Lafith, o prejuízo estimado é de R$ 1,5 milhão. De acordo com a investigação, a polícia recebeu uma informação de que o material roubado tinha sido vendido na região central de São Paulo, onde já existe um comércio de venda de joias.  

Entre os itens encontrados, estavam relógios da marca Rolex, que custam cerca de R$ 60 mil, além de pingentes cravejados de diamantes.

Ainda segundo a Polícia Civil, os quatro suspeitos já tinham passagens criminais. "Duas pessoas foram levar os relógios para o terceiro, um comerciante, que ia comprá-las. Já a quarta pessoa era uma avaliadora, para ver se os relógios eram autênticos e o valor deles a pedido do comprador", disse o delegado Marcos Antônio Mafrin.

Após a prisão, a polícia a pediu a prisão preventiva por dois crimes: formação de quadrilha e receptação. Agora a investigação vai tentar identificar outros envolvidos no roubo da joalheria de Campinas.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON