Aguarde...

cotidiano

Campinas ganha Centro de Apoio à Educação Inclusiva no Vila Nova

Estudantes serão recebidos no contraturno da escola regular e terão atividades complementares ao ensino

| ACidadeON Campinas

Alunos serão recebidos no Centro de Apoio no contraturno da escola regular (Foto: Divulgação/PMC) 

A Prefeitura de Campinas inaugurou nesta terça-feira (24), de forma on-line, o Centro de Apoio à Educação Inclusiva. O novo espaço pedagógico, que fica no Vila Nova, tem o objetivo de aprimorar o ensino dos alunos da educação especial. "É um ponto de apoio para escolas na área de inclusão", disse o prefeito Jonas Donizette (PSB) em live oficial no Facebook hoje.

De acordo com a Administração, os alunos serão recebidos no Centro de Apoio no contraturno da escola regular. Antes, eles desenvolviam as atividades complementares nas próprias unidades escolares. Agora, terão um centro específico para desenvolver essas habilidades.

Atualmente, a rede municipal de ensino tem 1,3 mil alunos especiais matriculados na Educação Infantil e Ensino Fundamental. São crianças com necessidades auditiva, visual, motora, intelectual, Síndrome de Down, autismo, altas e múltiplas habilidades.

O prédio é totalmente acessível, o que inclui elevador, e vai funcionar na avenida Carolina Florence, 1.145. O prédio foi adquirido e reformado pela Secretaria de Educação.

O QUE TERÁ

O Centro de Apoio à Educação Inclusiva abrigará: o Centro de Altas Habilidades e Superdotação; o Centro de Produção de Materiais Adaptados; o Centro de Formação em Educação Inclusiva voltado aos profissionais da rede municipal; o Centro de Memória da Educação Inclusiva, que contará toda a história e avanços da educação especial nas escolas municipais.

Também terá estúdio para a produção de filmes e audiodescritivos, com interpretação em libras; laboratórios de informática, música, artes e robótica; sala de recursos multifuncional com capacidade para 30 alunos. O Centro também fará a gestão do material pedagógico, mobiliário e de suporte de toda a educação inclusiva da Rede Municipal.

A secretária municipal de Educação, Solange Pelicer, disse que o "Centro é um orgulho muito grande porque a educação especial em Campinas tem história muito bonita". Ela também lembrou que Campinas é referência no País em educação especial e a rede municipal de ensino é uma das mais avançadas nessa área.

O Centro de Apoio à Educação Inclusiva buscará parcerias com universidades, museus, institutos para estimular os alunos a desenvolver seus talentos.


Mais notícias



Mais notícias do ACidade ON